08/02/2022

Piloto que morreu no Rally Cerapió sofreu infarto durante prova, aponta laudo

Exames apontam que Daniel Santos sofreu infarto agudo do miocárdio antes de ficar por horas desaparecido em mata no Ceará

Daniel Santos, piloto do Rally Cerapió — Foto: Reprodução/Instagram

Os exames feitos pelo Núcleo de Patologia Forense (Nupaf), da Coordenadoria de Análises Laboratoriais Forenses (Calf), no Ceará, apontaram que Daniel Santos, de 36 anos, morreu de infarto durante a disputa do Rally Cerapió. De acordo com o laudo, o piloto morreu após sofrer um infarto agudo do miocárdio. Os exames foram finalizados na última sexta-feira, e o laudo foi encaminhado à Polícia Civil do Ceará.

O capixaba Daniel Santos foi encontrado sem vida na Fazenda Velha, em Ibuguaçu, no município de Granja. Ele participava da categoria de motos do Cerapió, que era válida pelo Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade (CBM). Daniel fazia a terceira etapa, que tinha 294 km de percurso.

Após quase 24h de buscas, Daniel foi encontrado deitado no chão, a quase dois quilômetro distante da trilha oficial da prova, e não apresentava marcas de violência ou acidente.

O piloto era empresário e proprietário de uma loja de artigos de motocross. Ele possuía experiência em provas da modalidade no Espírito Santos e disputou pela primeira vez o Cerapió, que, em 2022, saiu do Ceará e passaria por Piauí e Maranhão. A organização do evento cancelou o último dia do evento.

Amigos e familiares homenageiam piloto que morreu quando participava do Cerapió

- Família, amigos e companheiros de esporte, recebam toda nossa solidariedade e força nesse momento. Todo o Rally Cerapió está de luto. Seguimos a disposição para prestar toda a assistência necessária - disse a organização da prova ao confirmar a morte do piloto.

Roteiro Cerapió 2022 — Foto: Divulgação

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing