24/01/2022

Travesti é morta a pedradas no Maranhão; polícia investiga crime

Foto: Breno Moreno/Cidadeverde.com

Uma travesti, identificada como Paulinha, de 31 anos, foi assassinada a pedradas na tarde desse domingo (23), na praça Higino Cunha, no Centro da cidade de Timon, no Maranhão.

Segundo informações da Polícia Civil, a vítima foi encontrada despida da cintura pra baixo, com um galho de árvore dentro da sua boca.

“Ela estava despida, só com uma blusa e as outras roupas do lado, tinha um galho seco de uma mangueira enfiado na boca e o crânio estava todo lesionado, provavelmente por uma pedra”, explicou o perito Emerson David.

O perito informou ainda que câmeras de segurança flagraram um rapaz discutindo com a vítima antes de ser encontrada morta.

“A polícia está investigando, ainda não sabemos a motivação do crime. Imagens de câmera de segurança flagraram um rapaz e a polícia já está com essas imagens”, acrescenta.

Equipes do 11º Batalhão da Polícia Militar também foram acionadas e isolaram a área. O Instituto de Medicina Legal (IML) fez a remoção do corpo da vítima. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.

Rebeca Lima
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing