25/01/2022

PI: mulher é morta a caminho do trabalho com 19 perfurações; ex-marido é preso

Foto: Rebeca Lima/Cidadeverde.com

Uma mulher de 42 anos foi assassinada a facadas na manhã desta terça-feira (25), no bairro Ilhotas, zona sul de Teresina, nas proximidades da avenida Frei Serafim. Valdirene Torquato da Silva estava a caminho do trabalho quando foi surpreendida e atacada. Ela trabalhava como doméstica em um condomínio que fica nas proximidades do local onde foi morta. A delegada Nayana da Paz, que acompanha o crime, informou que o corpo da vítima tinha cerca de 19 perfurações.

O suspeito do crime é o ex-marido de Valdirene, que foi preso pela Polícia Militar uma hora após o feminicídio. Identificado como Ezequiel Rodrigues, ele fugiu do local após o crime, mas foi capturado pelos policiais nas proximidades da estação do metrô do bairro Cabral.

“Ele foi conduzido para a Central de Flagrantes para que sejam feitos os procedimentos cabíveis. Ele foi preso no momento com uma arma branca e alguns metros daqui está a bicicleta dele. Provavelmente já estava seguindo ela para fazer esse sinistro” explicou o comandante da Força Tática do 1º BPM, tenente Paulo Roberto.

O irmão da vítima, identificado como Janielson, informou que eles estavam separados há 5 anos e que tem um filho de 7 anos.

Ele relatou ainda que mesmo após a separação, Ezequiel continuava ameaçando Valdirene e a perseguindo."Já buscamos ajuda na Polícia para medidas protetivas, mas infelizmente não tivemos sucesso e o resultado esta aí", desabafou o irmão da vítima.

O crime foi presenciado por populares que passavam pelo local, que fica nas proximidades da Avenida Frei Serafim, uma das mais movimentadas da capital.

Foto: Renato Andrade

Equipes da Polícia Civil foram acionadas e se encontram no local do crime. De acordo com a delegada Nayana da Paz, as verificações iniciais indicam que se trata de um feminicídio e um mandado de prisão preventiva deverá ser expedido contra o suspeito.

“Diante das informações coletadas preliminarmente no local de crime tudo indica ter sido um crime de feminicídio. Aqui a perícia vai começar a ser feita, posteriormente o corpo vai ser encaminhado ao IML para fazer o laudo cadavérico e as providências que vão ser tomadas são a verificação dos antecedentes, a lavratura do flagrante e o pedido de prisão preventiva” ressalta.

19 perfurações
As verificações preliminares da perícia apontaram que Valdirene Torquato foi atingida nas costas, no peito e nas mãos com cerca de 19 facadas. O exame cadavérico no IML deverá confirmar a quantidade exata das perfurações.

“Até o momento, aqui no local do crime foram verificadas pelo menos 19 perfurações. No entanto, apenas no IML, com o exame cadavérico é que esse número será confirmado, tendo em vista a minuciosidade do exame a ser realizado lá” informou a delegada Nayana da Paz.


Flash Rebeca Lima
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing