06/01/2022

Delegacia indiciou 129 pessoas no Piauí por crime de corrupção em 2021

Reprodução

A Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor), da Polícia Civil do Piauí, indiciou, só em 2021, 129 pessoas pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e/ou organização no estado. O grupo, que divulgou o balanço das atividades do ano passado nesta quarta-feira (5), também concluiu 73 inquéritos instaurados e abriu outros 35.

“Nesse ano de 2021 conseguimos deflagrar algumas operações, cumprindo mandado de busca, indicando várias pessoas, além de conseguir também apreender o patrimônio desses implicados, que é o mais importante, tocar o patrimônio dos suspeitos e acusados desses crimes de corrupção”, disse o delegado Ferdinando Martins, coordenador da Deccor.

Criada há dois anos para fortalecer o combate a corrupção, a lavagem de dinheiro e o crime organizado, uma das linhas de atuação da Deccor é o foco no bloqueio de bens dos investigados. Na operação mais recente, contra duas servidoras da Prefeitura de Teresina suspeitas de desvio de recursos públicos, foram sequestrados quatro automóveis.

Ao todo, a delegacia solicitou à Justiça no ano passado o sequestro patrimonial de aproximadamente R$ 16,4 milhões, destes, R$ 1,4 milhão já efetivados. Para Martins, esta tática tem proporcionado resultados eficazes

"Em uma determinada operação deflagrada em 2020, em 2021 conseguimos autorização de uso de alguns veículos, algumas caminhoes e veiculos, que estão sendo usados pela Polícia Civil, pela Deccor, pela Delegacia de Homicídios, Greco e outras unidades, com autorização judicial”, concluiu o delegado.


Breno Moreno (Com informações do Jornal do Piauí)
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing