.

21/12/2021

Homem é preso suspeito de cárcere e abuso contra mulher e enteada no Piauí

Segundo informações do delegado Odilo Sena, o homem abusava sexualmente da menina e emprestava a vítima para outras pessoas cometerem o abuso.

Acusado foi preso em flagrante e encaminhado para a Central - Foto: Reprodução/Bom Dia Meio Norte

Um homem que não teve a sua identidade revelada foi preso acusado de violência doméstica, seguido de cárcere privado e abuso sexual contra a enteada de 8 anos e a mãe da criança. O caso foi registrado na região da Santa Maria da Codipi, na zona Norte de Teresina.

De acordo com informações, populares denunciaram o fato para o Conselho Tutelar, que acionou os policiais do 13º Batalhão. Ao chegarem no local, constataram que mãe e filha estavam há 24 horas sem comer.

“O que ficou claro é que se trata de violência doméstica, tortura psicológica, tortura física, todos os tipos de maus tratos que você pode imaginar na cabeça de um ser humano esse indivíduo vinha praticando com essas duas. Tanto a criança como a mãe não comem desde a parte da manhã”, declarou o delegado Odilo Sena que coordenou a prisão do acusado.

Ainda segundo o delegado, a genitora não tem condição de contar a história por temor ao criminoso. “Elas estão aterrorizadas. Em relação a criança a gente tem informações, após colher depoimentos de vizinhos, que ela sofre de abuso sexual, inclusive, segundo relatos, ele empresta a criança para outras pessoas cometerem o abuso”, relatou.

“Agora vamos tomar as providências, vamos acionar a Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente para cuidar dessa questão do possível estupro que, se for configurado, ele também vai responder por isso e também por oferecer a criança para outras pessoas. É muito dolorido, eu perdi um filho e a gente ver uma criança jogada, maltratada, humilhada dessa forma você não tem como não se comover”, falou o delegado emocionado.


Delegado Odilo Sena se emocionou ao relatar situação de mãe e filha - Foto: Reprodução/Bom Dia Meio Norte

Mãe e filha foram levadas pelo Conselho Tutelar até o IML para verificar se a menina sofria de abusos sexuais.

“Foi uma violação de direito grave, violência física , situação de cárcere privado, miséria, a situação está sendo encaminhada e o Conselho Tutelar está atuando dentro das suas atribuições. Vamos encaminhar para o abrigo onde a proteção vai ser feita para as duas”, finalizou o Conselheiro. O acusado foi encaminhado para a Central de Flagrantes onde foi realizado os procedimentos necessários.

Mãe e filha foram levadas até o IML junto com o Conselho Tutelar - Foto: Reprodução/Bom Dia Meio Norte
Conselho Tutelar está acompanhando o caso e vai encaminhar vítimas para o abrigo - Foto: Reprodução/Bom Dia Meio Norte

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing