20/10/2021

PI: revolta e pedidos de Justiça marcam velório de taxista assassinado na frente da mãe

Vítima teria ido à casa dos pais para lanchar, por volta das 10h de terça-feira (19), quando foi abordada por três criminosos e baleado na Zona Sudeste de Teresina.

Amigos mostram indignação e pedem justiça em velório de taxista assassinado em Teresina; homem foi morto na frente da mãe e sobrinho — Foto: Ravi Marques

Indignação e tristeza marcaram o velório do taxista Geovani Soares Barroso, de 35 anos, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (20), em uma igreja no bairro Parque Itararé, Zona Sudeste de Teresina. Ele morreu após ser baleado durante uma tentativa de assalto, na terça-feira (19).

Colegas de trabalho e familiares estiveram no local para prestar homenagens ao trabalhador e manifestaram revolta contra a violência na capital, pedindo justiça e novas estratégias de policiamento.

Segundo o presidente da Cooperativa dos Taxistas do Piauí, Pedro Ferreira, em 10 dias foram registrados três assaltos contra a categoria, e muitos trabalhadores deixam de comparecer ao serviço por medo.

“É uma situação muito difícil, tanto para taxistas, mototaxistas e motoristas por aplicativo. Os trabalhadores assaltados já deixaram de sair à noite. Fiz uma assembleia com todos, eu disse 'tem corrida, tem trabalho, vocês não vão porquê?' e eles disseram: 'falta de segurança'", relatou o presidente.

Amigos mostram indignação e pedem justiça em velório de taxista assassinado em Teresina; homem foi morto na frente da mãe e sobrinho — Foto: Ravi Marques

"Eu lavo o carro na porta de casa e minha filha de 15 anos diz 'não lave o carro na porta, papai, estão acontecendo vários assaltos'. Eu respondi 'se eu não lavar na porta, lavo na garagem e aí tenho que lavar o carro e a garagem', então ela disse para mim 'mas não perde a vida'. Quando foi ontem, ela ligou e disse 'olha o que aconteceu'", lamentou Pedro.

Taxista foi morto na frente da mãe e do sobrinho, diz delegado
Geovani Soares Barroso, 35 anos, foi assassinado com um tiro após uma tentativa de assalto na manhã de terça-feira (19) no bairro Itararé, na Zona Sudeste de Teresina.

De acordo com o coordenador do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Francisco Costa, o Barêtta, a vítima teria ido à casa dos pais para lanchar, por volta das 10h, como costumava fazer diariamente.

Ao chegar, ainda na porta da residência dos familiares, foi abordado por três criminosos, que conduziam um carro vermelho, e baleado na frente da mãe e do sobrinho, menor de idade. Após o crime, os suspeitos fugiram do local e ainda não foram localizados.

"Esses indivíduos estavam praticando crimes desde a madrugada, existe registro de que eles roubaram o carro em que andavam às 7h da manhã, no bairro Parque Ideal. Eles abordaram o taxista, entraram no carro para recolher os pertences. Acho que (o taxista) deve ter esboçado alguma reação, e foi o suficiente para eles efetuarem dois tiros, um atingiu ele no abdômen”, informou.

O taxista chegou a ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Renascença, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing