27/10/2021

Assaltante rende funcionários de plantão e faz arrastão em escola no Piauí

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

O diretor da Escola Municipal Eurípides de Aguiar, Itamar Gomes, conversou com o Cidadeverde.com e relatou os momentos de terror vividos por alguns funcionários da escola durante o arrastão que aconteceu na unidade na terça-feira (26/10). Segundo relatos do diretor, três homens chegaram em um carro, estacionaram o veículo e apenas dois deles desceram.

"Os dois entraram na escola, um ficou na região da rampa e o outro abordou o agente de portaria. Ele estava pedindo informações sobre matrícula. O funcionário informou a ele que não estamos em período de matrícula. Nesse momento, o homem pediu para entrar e beber água, mas foi alertado pelo agente que a escola estava sem copo no bebedor. Foi quando o assaltante disse que tinha uma garrafa e fingiu que ia pegar. Só que ele puxou o revólver", descreveu Itamar Gomes à nossa reportagem.

Neste momento, o homem rendeu o vigia e roubou o celular dele. Na portaria, que fica fechada e protegida por uma grade, o assaltante ainda abordou outras duas funcionárias da escola que ficam entregando as tarefas escolares para os pais de alunos e responsáveis.

"Ele também abordou elas e roubou delas dois relógios e dois celulares. Ao todo, o assaltante saiu daqui com três celulares e dois relógios", pontuou Itamar Gomes. "Eles nem pisaram o pé dentro da escola. Toda a ação aconteceu atrás das grades que ficam na porta de entrada da escola", completou o diretor.

A ação aconteceu de forma tão rápida que, ainda de acordo com o diretor Itamar Gomes, nenhum outro funcionário ou aluno da instituição de ensino presenciou o arrastão. Tudo foi registrado pelas câmeras de segurança e o material já está sendo periciado por policiais que estão acompanhando o caso.

Antes de deixarem a escola, os dois assaltantes que entraram na unidade ainda ameaçaram o agente de portaria. "Eles falaram que se ele fechasse o portão iriam atirar nele", relatou o diretor ao completar dizendo que essa foi a primeira vez que a Escola Eurípedes de Aguiar foi assaltada. "Eu trabalho aqui há 30 anos e essa foi a primeira vez que isso aconteceu".

Através de nota, a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) em Teresina informou que ao tomar conhecimento do assalto acionou a guarda municipal e tomou todas as providências possíveis. "Os boletins de ocorrência foram feitos. As escolas têm vigilância eletrônica na parte da noite. Durante o dia contam com agentes de portaria e monitoramento, através de câmeras", diz trecho da nota enviada ao Cidadeverde.com.

Nataniel Lima
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing