17/09/2021

PI: câmera filma morte de mulher; laudo aponta que tiro foi nas costas

Foto: Arquivo Pessoal

Perícia médica do Instituto de Medicina Legal (IML) aponta que a mulher identificada com Leidiane de Paiva Brasil, de 28 anos, sofreu um tiro nas costas em um crime ocorrido na manhã de ontem (16), no Parque São Jorge, zona sul de Teresina. A informação foi confirmada pela delegada do núcleo de feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Nayana da Paz.

A versão dada inicialmente pela Polícia Militar seria que a vítima teria morrido em decorrência de uma queda após se assustar com os disparos.

Segundo a delegada Nayana da Paz, a vítima realmente sofreu uma lesão por arma de fogo, mais ainda não se pode afirmar que teria sido esse o motivo do óbito.

“Após o envio do corpo ao IML, foi realizado a perícia onde foi constatado realmente uma lesão por arma de fogo na região das costas da vítima. A questão do que levou ela a morte nós só vamos poder saber com a emissão do laudo pelo IML que nós não estamos ainda de posse do laudo, mas foi constatado realmente que ela foi alvejada nas costas e se essa foi a causa da morte ou se houve que ocasionou a morte, nós apenas teremos conhecimento com a emissão do laudo”, explica a delegada.

Leidiane de Paiva
Ainda segundo a delegada Nayana da Paz, as investigações deverão esclarecer a motivação e o alvo do crime. O homem que aparece acompanhado com a vítima no momento do crime não foi identificado até o momento.

“Toda aquela situação vai ser verificado durante o andamento do inquérito justamente para apurar a autoria e também a motivação do crime porque tudo leva a crer que foi realmente uma execução. Ainda não temos a identidade do homem que andava acompanhado a mulher, mas tudo isso será obtido durante a investigação”, ressalta Nayana da Paz.

Delegada Nayana da Paz

Segundo o DHPP, a irmã da vítima foi ouvida pela polícia e equipes policiais estão em diligências na região.

“As nossas equipes policiais já estão em diligências justamente para identificar as pessoas, possíveis testemunhas, colher outros relatos no local e levantar informações pra chegarmos até a autoria e motivação do crime", finalizada a delegada Nayana da Paz.


Rebeca Lima
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing