.

21/08/2021

PRF realiza mais uma fase da Operação Nacional de Combate à exploração Sexual de Crianças e Adolescentes


Nesta etapa, a instituição contou com o apoio do Ministério Público do Trabalho e Conselhos Tutelares. Foram realizados trabalhos preventivos em aproximadamente quarenta bares, restaurantes e casas de festas. A intenção é coibir a pratica de crime nessa modalidade, quando crianças e adolescentes encontram-se em situação de vulnerabilidade.


APolícia Rodoviária Federal realizou mais uma etapa da Operação Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no País. As ações aconteceram nos estados de Minas Gerais, Piauí e Rio Grande do Sul. No estado do Piauí, essa fase da operação contou com o apoio do Ministério Público do Trabalho e Conselhos Tutelares.


As ações aconteceram nas cidades de Teresina/PI e Bom Jesus/PI sul do estado e tiveram como objetivo principal as ações preventivas no combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e em situações de vulnerabilidade, no caso do Trabalho Infantil.

Foram verificados cerca de quarenta estabelecimentos comerciais, mais precisamente bares, restaurantes e casas de show.


As ações da Operação Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes tem como base o Projeto MAPEAR que realiza o mapeamento de pontos de vulnerabilidade de crianças e adolescentes ao longo das rodovias federais do país.


Entre 2019 e 2020, a PRF no Piauí apurou 103 pontos vulneráveis nas rodovias federais, sendo 04 qualificados como críticos. A quantidade de pontos sofreu um aumento de 139% o que possibilita um maior planejamento para as ações de prevenção e combate, utilizando as características para cada local. Esses números colocam o Piauí em 14º no ranking nacional de pontos mapeados.

Denúncias podem ser feitas, inclusive de forma anônima, por meio do Disque 100, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, e do número de emergência da PRF – 191.


Premiações

Conheça as premiações recebidas pela PRF na temática Direitos Humanos.

• Prêmio Nacional de Direitos Humanos – 2009, da Secretaria de Direitos Humanos (atual MMFDH);
• Prêmio João Canuto – 2012, do Movimento Humanos Direitos;
• Prêmio Nacional do Disque 100 – 2013, da Secretaria de Direitos Humanos (atual MMFDH);
• Prêmio Neide Castanha – 2015, do Comitê Nacional dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (categoria Produção de Conhecimento);
• Prêmio Parceiro Estratégico – 2018 e 2019, da Childhood;
• Reconhecimento Internacional do Fórum de Segurança da ONU.

Acesse os dados nacionais através AQUI.

Fonte: PRF PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing