28/07/2021

Acusado de matar sargento a tiros é preso durante velório no Piauí

Renato Patrick é acusado de matar a tiros o sargento Tadeus Ferreira de Sousa, no dia 11 de maio deste ano, no bairro São Pedro, na zona Sul de Teresina.


Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) realizaram na tarde desta terça-feira (27), a prisão de Renato Patrick da Costa Oliveira, durante o velório do jovem Alison Matheus Ferreira, de 22 anos, executado na noite desta segunda-feira (26) com diversos disparos de arma de fogo na Vila Irmão Dulce, na zona Sul de Teresina.

Renato Patrick é acusado de matar a tiros o sargento Tadeus Ferreira de Sousa, no dia 11 de maio deste ano, no bairro São Pedro, na zona Sul de Teresina. Durante a ação criminosa, o oficial teve sua arma de fogo levada. Após a prisão, o acusado foi levado para a sede do DHPP e na sequência para a Central de Flagrantes de Teresina para os procedimentos cabíveis.

Relembre o caso
Na manhã do dia 11 de maio, o sargento do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual do Piauí (BPRE), Tadeus Ferreira de Sousa, foi assassinado a tiros na Rua Piripiri, bairro São Pedro, na zona Sul de Teresina. Segundo informações de testemunhas, por volta 06h daquela manhã, o sargento estava chegando na sua residência, vindo do trabalho fardado, quando foi abordado por dois criminosos em uma motocicleta que não anunciaram assalto e já foram realizando disparos. Assim que atingiram o policial, os bandidos roubaram a sua arma e fugiram do local.

“Eram dois homens em uma motocicleta, um dos indivíduos estava usando uma jaqueta do exército, eles seguiram o policial, alvejaram ele na porta de casa e se evadiram com a arma. Segundo um colega nosso policial militar vizinho da vítima, que se preparava para sair de casa no momento do crime, não houve verbalização, nem por parte dos bandidos, nem por parte do policial, tudo indica que já chegaram disparando. Foram pelo menos dois disparos na região da costela. Ele estava usando colete, mas o colete não foi atingido, o que nos leva a crer que os disparos foram na lateral”, declarou o comandante Mábio Cardoso, do 1º Batalhão.

Ainda segundo o comandante, as características do crime levam a crer em execução para roubar a arma do PM.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing