25/06/2021

Polícia descobre que testemunha é na verdade, acusado de matar idoso no PI

Uma testemunha do crime, virou na verdade suspeito, após contradições no depoimento.


A Polícia Civil do Piauí elucidou o assassinato do aposentado identificado como José Cardoso da Silva, de 87 anos, que foi morto a golpes de foice dentro da sua residência, localizada em um terreno no Bairro Estação, na cidade de Campo Maior.

De acordo com a investigação, quatro autores do crime de homicídio foram identificados.

De acordo com o Portal de Campo Maior, que entrevistou o delegado Pericles Lima, responsável pelas investigações, o caso está totalmente esclarecido. O policial informou que Cardoso foi morto porque reagiu ao assalto que os envolvidos faziam em sua casa, onde procuravam uma grande quantidade de dinheiro.

Perickles disse que José Cardoso foi morto com um golpe de foice na cabeça e o crime começou a ser elucidado, após o depoimento de uma pessoa que seria a principal testemunha do assassinato, inclusive indicando o possível autor do crime, mas na verdade essa pessoa era um dos acusados.

“Nós desconfiamos do autor, que veio a Delegacia como testemunha do crime. Esse rapaz veio prestar depoimento com o braço lesionado por um profundo corte, que passamos a desconfiar. Depois de investigações descobrimos que o ferimento era consequência do crime contra o idoso, já que ele usou o próprio braço para quebrar um recipiente de vidro onde estaria o dinheiro que seria roubado”, conta o delegado.

O policial disse que a partir daí o crime foi desvendado, com os autores identificados. Dos quatro acusados, dois já estão à disposição da Justiça. “Identificamos quatro autores, sendo um deles menor de idade, que já está apreendido. Os outros três são maiores e um deles está preso”, detalha Perickles.


Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing