17/06/2021

PI: Delegado revela “Golpe das Novinhas” e diz que há mulheres extorquindo homens

Segundo o delegado Odilo Sena, o foco seria homens de 20 a 70 anos de idade, que após contato com uma suposta adolescente sofrem ameaças por estar se envolvendo com uma menor de idade, o que é crime


A Polícia Civil do Piauí investiga em Teresina um novo tipo de golpe praticado por criminosos que se passam por adolescentes do sexo feminino interessadas em relacionamos para fazerem vítimas. Através de contatos por mensagens no celular, os estelionatários começam a conversa de cunho sexual e propõem troca de fotos e vídeos íntimos para depois extorquir dinheiro das vítimas.

De acordo com o delegado Odílo Sena, do 13º Distrito Policial, os criminosos buscam homens de 20 a 70 anos de idade nas redes sociais se passando por menores de idade. Após o primeiro contato e mensagens eróticas, as supostas adolescentes propõem troca de fotos e vídeos íntimos. Logo depois as vítimas são ameaçadas por uma pessoa que se passa por pais da suposta adolescente e ameaçam denunciar o caso porque mandou “nudes” para sua suposta filha menor de idade, o que é crime. O valor cobrado pelos golpistas varia de R$ 5 mil a R$ 20 mil.

“Uma pessoa que se finge ser adolescente e a conversa evolui, sai do Instagram ou Facebook, e passa para o WhatsApp, onde há troca de mensagens picantes. A vítima, o homem, entende que está conversando com uma menina menor de 18 anos de idade. A conversa é interrompida e dias depois aparece a figura de um falso delegado de Polícia que, após determinada pressão psicológica, oferece uma alternativa para que não haja uma investigação. Essa alternativa é entregar alguma quantia em dinheiro para que não seja processado”, detalha o delegado.

Ainda segundo Odilo Sena, dezenas de pessoas já caíram no golpe, inclusive alguns policiais civis que foram ameaçados a terem seus vídeos expostos nas redes sociais.

“Os criminosos cobram dinheiro e dizem que vão divulgar os vídeos e fotos das vítimas nas redes sociais, causando transtorno para essas pessoas que se obrigam a depositar dinheiro para esses criminosos. Em outras situações eles se passam até por delegado de polícia pedindo dinheiro para não levar o caso pra frente e cessar as investigações”, disse o delegado.

O caso está sendo investigado pelo 13º Distrito Policial, mas é possível que outras delegacias também já tenham registrado esse tipo de crime.

ASSISTA AO VÍDEO CLICANDO AQUI.

Fonte: Portal Oitomeia.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing