24/02/2021

Governo do PI determina toque de recolher e suspensão das atividades comerciais no fim de semana

As medidas restritivas foram anunciadas pelo governador Wellington Dias (PT) na noite desta terça-feira (23) e estarão em vigor até o dia 4 de março.

Foto: CCOM

O governador Wellington Dias (PT), anunciou que o Piauí terá toque de recolher a partir desta quarta-feira (24). Além disso, as atividades econômicas presenciais serão suspensas no estado aos finais de semana. As medidas restritivas estarão em vigor até o dia 4 de março. O decreto ainda não foi publicado no Diário Oficial do Governo do Estado.

“A partir de 00h desta quarta-feira o comércio poderá funcionar até às 17h e os shoppings até às 21h. A partir de 23h vai existir um toque de recolher até às 5h”, informou o governador.

No sábado (27) e domingo (28), apenas os serviços essenciais poderão funcionar. “Teremos uma completa paralisação, abrindo apenas serviços essenciais como farmácias, segurança, estabelecimentos que podem viabilizar o transporte de carga como postos de combustíveis, borracharias e oficinas”, explicou o gestor.

A fiscalização do novo decreto estadual será feita pela Vigilância Sanitária, Polícia Militar (PM), Rodoviária Federal (PRF) e Federal (PF). No dia 2 de março, membros do Comitê de Operações Emergenciais (COE) do Governo do Estado irão se reunir para definir a prorrogação ou não das medidas restritivas.

Na segunda-feira (22), o governador havia comunicado que um novo decreto iria restringir as atividades econômicas consideradas não-essenciais e suspender as aulas presenciais em escolas públicas e particulares, além de outras medidas. Porém, o gestor teve uma nova reunião com membros do COE nesta terça-feira (23), para analisar as restrições e realizar alterações.

Manifestações

Donos e funcionários de restaurantes bloqueia avenida em protesto contra decreto estadual em Teresina — Foto: Andrê Nascimento/ G1 PI

Na tarde dessa segunda-feira (22), pais de estudantes realizaram uma carreata contra o decreto anunciado pelo governador Wellington Dias (PT) que iria proibir as aulas presenciais.

Cerca de 100 carros participaram do protesto que teve início na Ponte Estaiada, na Zona Leste da cidade, seguindo para a Ponte Juscelino Kubitschek, onde os manifestantes bloquearam a via. Em seguida, os pais ocuparam a Avenida Frei Serafim.

Na manhã desta terça (23), um grupo formado por empresários e trabalhadores do setor de bares e restaurantes de Teresina bloqueou, por alguns minutos, o trânsito da Avenida João XXIII, na Zona Leste da capital. As manifestantes protestaram contra a suspensão das atividades comerciais.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing