29/01/2021

Prefeito exonera secretária que furou a fila da vacinação em Passagem Franca

Foto: Divulgação/Ascom

O prefeito de Passagem Franca, Saulo Trajano (PSDB), exonerou nesta quinta-feira (28) a secretária Municipal de Saúde, Lorayny Carvalho da Silva, que tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 sem pertencer ao grupo prioritário para a imunização. A medida, que foi confirmada pela assessoria de comunicação do gestor, foi adotada após o Ministério Público iniciar a apuração sobre a eventual irregularidade.

Por meio de nota, o prefeito afirmou que "cumpria agenda em Teresina no primeiro dia de vacinação em Passagem Franca, portanto, não estava presente quando a secretária recebeu a dose".

Saulo Trajano também informou que vai se manifestar judicialmente no âmbito do Ministério Público no prazo concedido e que o município segue rigorosamente a tabela de vacinação adotada pelo Governo do Estado bem como as medidas de restrições decretadas para conter a disseminação do novo coronavírus na cidade.

Foto: Redes sociais

O Ministério Público do Piauí, por meio da Promotoria de Justiça de Barro Duro, instaurou procedimento para apurar se a conduta da agora ex-secretária.

Lorayny Carvalho tem 26 anos é nutricionista. Apesar de estar à frente da gestão municipal da Saúde em Passagem Franca, de acordo com o MP, ela não atuava diretamente no combate à Covid-19.

De acordo com o MP, "agentes públicos que 'furam a fila' de vacinação podem ser responsabilizados criminalmente, por ato de improbidade administrativa e compelidos à reparação por dano moral coletivo".

Outro Lado
Procurada pelo Cidadeverde.com, Lorayny Carvalho justificou que tomou a vacina da covid-19 por estar participando das ações de combate à covid-19 no município. Ela afirma que durante o período que esteve à frente da pasta atuava nas unidades de saúde e utilizava o próprio carro para realizar visitas domiciliares junto com as equipes de saúde.

"Eu trabalho todo dia dentro do hospital, da UBS, atendo os pacientes e levo para a sala do médico. Visito os pacientes acamados na residências deles, junto com o medico e enfermeiro, visito os pacientes acamados no interior . A secretaria de saúde mão tem um carro pra poder nas visitas. Eu cedi o meu carro. Então, de todas as formas estava correndo risco de ter o covid. Isso vou explicar para o promotor e para Justiça, se for necessário", disse.

Apesar de ter sido exonerada, a nutricionista diz que concorda com a decisão do prefeito Saulo Trajano. "Concordo com ele. Ele tem que fazer isso para servir de exemplo para outros prefeitos, de outras cidades. Não estou com raiva, nem com mágoa", disse Lorrayny ao reafirmar que não cometeu irregularidades.

Vacinação
De acordo com o 'vacinômetro' Secretária de Saúde, Passagem Franca, que fica distante cerca de 160 km de Teresina, já recebeu 57 doses da vacina contra a covid-19 e 33 já foram aplicadas na população do município

Natanael Souza
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing