11/11/2020

Mãe baleada ao separar briga de filhos, no Piauí, diz que disparo foi acidental

Caso aconteceu na noite de sexta (6), no município de Cocal, Norte do estado. Um dos filhos foi preso e pode responder por lesão corporal ou tentativa de homicídio contra o irmão.

Caso é investigado na delegacia da cidade de Cocal. — Foto: Blog do Coveiro

A mãe que foi baleada ao separar uma briga entre os filhos em Cocal, Norte do Piauí, afirmou, em depoimento à Polícia Civil, na terça-feira (10), que o disparo que a atingiu foi acidental. De acordo com a polícia, Rita Maria dos Santos relatou que foi tentar tomar a arma da mão do filho, Eduardo Ferreira dos Santos, quando o disparo aconteceu.

O caso aconteceu na noite de sexta (6). Eduardo dos Santos foi preso em flagrante e teve a prisão convertida para preventiva por decisão do juiz plantonista da Comarca de Parnaíba, Max Paulo Soares de Alcântara, no domingo (8).

Na terça, a mãe e o filho com o qual Eduardo estava brigando, Antônio, prestaram depoimento na Delegacia de Polícia Civil de Cocal.

“Ela disse que a arma caiu no chão e disparou, que o filho não tinha intenção de atirar nem nela, nem no irmão”, disse o agente Walter Brune.

A mulher foi atingida na perna esquerda e encaminhada para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba.

Segundo a polícia, o ferimento não foi grave e a vítima foi liberada pouco depois do atendimento.

Eduardo dos Santos está preso na Penitenciaria Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba. O caso ainda é investigado pela Delegacia de Cocal.

“Ele pode responder por lesão corporal ou por tentativa de homicídio”, informou o agente Brune.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing