11/11/2020

Inquérito investiga vereador suspeito de ameaçar e atirar contra prefeito de Jardim do Mulato

O vereador, que é policial civil, foi liberado após prestar depoimento no sábado (7) e negou que tenha ameaçado ou disparado tiros. Delegado Otony Nogueira abriu inquérito.

Delegacia de Amarante, no Piauí, que vai apurar o caso. — Foto: Maria Romero/G1 PI

A Polícia Civil de Amarante abriu inquérito e está investigando o vereador da cidade de Jardim do Mulato Bruno José Alves Rodrigues Mota, conhecido como vereador Diego (MDB). Ele é suspeito de ameaça e disparo de arma de fogo em via pública contra o prefeito da cidade, Airton Veloso (PT). À TV Clube, o vereador negou que tenha ameaçado ou disparado tiros.

"Nós fomos informados do caso e uma testemunha foi até a delegacia registrar boletim de ocorrência. Já falamos com as partes informalmente, mas isso tudo será apurado. O vereador foi liberado e não teve a arma apreendida porque ele é policial civil e a arma está legalizada. Vamos ouvir mais pessoas e saber exatamente o que aconteceu", disse o delegado.

O prefeito Airton Veloso, que está em seu segundo mandato e não concorre neste pleito, disse que no sábado estava fazendo visitas em comunidades rurais com e foi surpreendido pelo vereador, que teria feito dois disparos e tentado atropelar moradores e o próprio prefeito.

O vereador Diego informou, em sua defesa, que possui uma arma por ser policial civil de Pernambuco e que estava chegando à entrada da cidade quanto teve o carro cercado pelo prefeito e seus apoiadores, aos quais faz oposição. Ele disse que teve o carro danificado pelo grupo e que não atirou. Em seguida, ao deixar o local, ele disse ter sido abordado pela PM, conduzido à delegacia e liberado em seguida.

A Polícia Civil tem 30 dias para a conclusão do inquérito do caso.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing