15/11/2020

Candidata a vereadora é presa por suspeita de compra de votos em cidade do Piauí

Divulgação / Polícia Federal

Uma candidata a vereadora e seu assessor foram presos pela Polícia Militar na madrugada deste sábado (14/11), por suspeita de compras de votos em Germiniano/PI. 

Com os suspeitos, a polícia encontrou uma quantia de R$ 4,3 mil, lista de anotações de eleitores, além de material de campanha evidenciando a prática de crime de corrupção eleitoral previsto no artigo 299 do Código Eleitoral naquela região.

A candidata foi conduzida à equipe da Polícia Federal designada para atuar na 62ª Zona Eleitoral em Picos/PI que lavrou o auto de prisão em flagrante da candidata e de um assessor, que se encontravam de posse da citada quantia e anotações que evidenciam a prática criminosa.

Após a lavratura do procedimento, a candidata pagou a fiança de dez salários e o assessor pagou um salário, e foram liberados.

Divulgação / Polícia Federal

Fonte: 180Graus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing