22/10/2020

Mulher suspeita de arrancar genitais de homem com os dentes no Piauí é indiciada por lesão corporal

A mulher foi indiciada por lesão corporal e vai responder em liberdade.

Sede da delegacia de Polícia Civil em União, no interior do Piauí — Foto: Washington Franklin/TV Clube

A Polícia Civil concluiu o inquérito do caso do homem que teve os órgãos genitais arrancados e indiciou a mulher suspeita de cometer o crime na cidade de Miguel Alves, no Piauí.

De acordo com o Francírio Queiroz, titular da delegacia de União, a mulher, que não teve a identidade revelada, foi indiciada por lesão corporal.

Ainda de acordo com o delegado, a versão dada pela mulher, de que teria cometido a agressão para se defender de um estupro, não foi comprovada e foi excluída do inquérito policial.

A denúncia foi encaminhada para o Poder Judiciário e a mulher vai responder ao processo em liberdade.

Entenda o caso
A mulher começou a ser procurada suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem na cidade de Miguel Alves, no Piauí, no dia 5 de setembro. O crime aconteceu na casa do homem, durante a madrugada. Segundo a Polícia Militar, a suspeita mora na casa ao lado da casa da vítima.

Ainda de acordo com a PM, o homem foi levado para o Hospital Estadual de União e recebeu alta no mesmo dia.

Polícia investigou se mulher agrediu o homem para fugir de estupro

A Polícia Civil iniciou uma investigação para apurar a versão dada pela suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem após um vídeo e áudios divulgados pela própria mulher viralizarem nas redes sociais.

No material, a mulher confessou o crime e disse que agrediu o homem para se defender de uma tentativa de estupro. 

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing