26/09/2020

Acusado de matar deficiente mental e atear fogo em casa é preso no PI

Ele também ameaçou a própria filha, de apenas 4 anos, e a esposa, que na época estava grávida de 4 meses.

A casa ficou completamente destruída (Reprodução/ Cidades na Net)

Um homem identificado como André Leal de Araújo, acusado de atear fogo e destruir uma casa no povoado na Lagoa do Sítio, na zona Rural de Jaicós e ainda matar o tio da esposa, que é deficiente mental, foi preso 6 meses após o crime na manhã desta sexta-feira (25), pela Polícia Militar da cidade. As informações são do Cidades na Net. 

O caso ocorreu no dia 8 de março. André estaria sob efeito de bebidas alcoólicas e chegou na residência quebrando vários móveis e ateando fogo em dois cômodos. Ele também ameaçou a própria filha, de apenas 4 anos, e a esposa, que na época estava grávida de 4 meses, e ainda esfaqueou o tio da mulher, identificado como Ramiro, que veio a falecer dias depois. 

Imagens registradas pelo portal Cidades na Net, mostram dois cômodos do lugar que foram totalmente destruídos. Em um desses cômodos vivia uma família, com móveis e eletrodomésticos. Já no outro, havia diversos objetos, alimentos e uma motocicleta. Não restou nada, além dos escombros. 

A casa seria de Maria Francisca, com quem André conviveu por 5 anos. Maria morava com André na comunidade Queimada, zona rural de Belém do Piauí, e tinha ido passar o domingo com os familiares. Após o crime, o acusado conseguiu fugir e estava foragido desde então. Segundo a Policia Militar, ele foi localizado pelo Sargento Coelho, na rua Franco Ribeiro, Centro da cidade de Belém do Piauí. André, que tinha um mandado de prisão em aberto por ter tirado a vida de Ramiro, foi conduzido para central de flagrante de Jaicós.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing