25/08/2020

Ao tentar aplicar golpe, estelionatário é preso em flagrante no Piauí

Homem aplicava golpes através de plataformas de vendas online. Ele comprava os produtos e não pagava. Até dindim ele devia, disse PM.

Foto: Jailson Soares/O Dia

Um homem cujo nome não informado pela polícia foi preso nesta segunda-feira (24) no bairro Promorar, zona Sul de Teresina, tentando aplicar um golpe. Segundo a PM, ele fazia compras em lojas de informática e confecção por meio do Whatsapp e plataformas de vendas online, mas não pagava pelo produto que adquiria. Segundo o sargento Keydson, do 6º BPM, ele depositava envelopes vazios no banco, enviada falsos comprovantes de pagamento, recebia o produto e os vendedores nunca recebiam o valor pelo produto vendido.

A prisão aconteceu em flagrante. A vítima vendeu um produto ao estelionatário e não recebeu o pagamento. Depois de perceber que havia caído em um golpe, ele armou uma situação para conseguir pegar o criminoso e entregá-lo à polícia. 

“Ele vendeu um outro produto para o estelionatário, marcou de se encontrar com ele no local para repassar a mercadoria, o estelionatário apareceu e a vítima conseguiu segurá-lo até a chegada da nossa guarnição. Foi verificado nas conversas dele de Whatsapp que ele comprava e não pagava. Eram lojas de informática, lojas de confecção, havia até uma compra com um rapaz de Uruçuí. Até dindim que ele comprou, ele não pagou”, explicou o sargento Keydson.

Sargento Keydson - Foto: Jailson Soares/O Dia

Só para este rapaz do Sul do Estado, o estelionatário deve pelo menos R$ 900,00 segundo o que apurou a polícia. Os PM’s fizeram contato com as vítimas dos golpes pelo Whatsapp para esclarecer a situação e explicar que na verdade elas estavam negociando ou tinham negociado com um golpista. 

A reportagem de O Dia conversou com uma das vítimas do estelionatário. Sem querer se identificar, ele disse que só não teve um prejuízo maior, porque o suspeito foi pego pela polícia e ele conseguiu reaver a mercadoria vendida. “Ele falou comigo no Whatsapp, fez o pedido, mostrou o comprovante de transferência e aí eu fiquei aguardando desde sábado, só que o dinheiro não caía. Retornei para ele e ele só protelando, dizendo que ia ligar para a prestadora do cartão e agora o policial me ligou dizendo que eu fui lesado. Nunca tinha acontecido isso comigo”, disse.

O estelionatário foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina onde foi autuado em segue preso para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Portal Odia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing