25/08/2020

Entre Janeiro e Julho: A PRF já recuperou o equivalente a mais de Doze Milhões de Reais em veículos roubados e adulterados no estado do Piauí


Durante esse período, 129 pessoas foram presas por Adulteração Veicular, 43 por Uso de Documentação Falsa e 129 por Receptação de Veículos. Os dados levam em conta os valores médios de veículos no mercado.

A PRF realizou um levantamento acerca da quantidade de veículos recuperados pela instituição nas rodovias federais piauienses. Entre os meses de janeiro e julho de 2020, 485 veículos foram recuperados e identificados pela PRF nas rodovias que cortam o Piauí. Esse número representa um aumento de 187,0 % se comparado ao mesmo período de 2019. Isso significa que a cada 10 horas um veículo é recuperado pela PRF no Piauí.

Levando-se em conta os valores médios dos bens, a PRF no Piauí já recuperou o equivalente a R$ 12.151.275,78. Esse valor representa o prejuízo dos proprietários no momento que tiveram seus veículos roubados e adulterados.

Nos primeiros sete meses de 2020, a PRF intensificou a fiscalização no combate a fraude veicular. Resultado dessas ações foi um aumento na quantidade de veículos recuperados, resultando em 129 pessoas presas pelo crime de Adulteração Veicular, 43 por Uso de Documento Falso e 129 por Receptação de veículos.

Nessas ações, a PRF verifica uma série de modalidades que giram em torno do roubo de um veículo. Essas modalidades vão desde o simples roubo do veículo passando pela utilização de documentos falsos seguindo pela adulteração dos elementos de identificação do veículo até a locações fraudulentas em empresas de locação de veículos.

As vítimas desse cometimento de crime adquirem veículos em feiras que são realizadas nos pequenos municípios do estado até em revendedoras em cidades maiores como Teresina/PI. Os motivos são sempre os menores preços e as facilidades que as pessoas tem ao comprar um veículo nessas condições, muitas vezes condicionadas à retenção dos documentos de propriedade enquanto durar o tempo de pagamento do bem. O porte de documentação falsificada também tem sido verificada nessas ocorrências.


Além do constante treinamento de policiais com relação a identificação veicular, a PRF conta com sistemas que possibilitam identificar se o veículos possui restrições, bem como se a documentação é autêntica. Dentre os sistemas, a PRF dispõe do SINAL que através de informações inseridas pelo próprio cidadão, possibilita o acionamento de equipes de policiais em um raio de 100 quilômetros do local da ocorrência. Mesmo com a inserção dessas informações o proprietário do veículo roubado deverá realizar o Boletim de Ocorrência na Polícia Civil da sua cidade.


A PRF recomenda sempre a todas as pessoas que vão adquirir um veículo ficarem atentos primeiramente ao valor e verificar de maneira minuciosa a documentação sendo necessário, se possível, procurar os órgãos de fiscalização e o Detran para a checagem das informação que o veículo traz.

Fonte: PRF PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing