10/07/2020

Suspeito de matar técnico de radiologia no Piauí é preso em São Paulo

Investigação foi parceria entre os Departamentos de Homicídio das polícias civis do Piauí e São Paulo. Suspeito havia fugido do Piauí para São Paulo cerca de um mês após o crime.

Assassinato na Zona Sul de Teresina será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. — Foto: G1 PI

Um homem foi preso pela Polícia Civil de São Paulo suspeito de matar o jovem técnico em radiologia Kleiton Ângelo Guedes Martins, de 25 anos, na zona rural de Teresina no final de 2019. Além da prisão, policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em cinco lugares em Teresina ligados ao suspeito, para juntar provas da autoria do crime.

O crime aconteceu em 11 de dezembro de 2019, na localidade Taboca do Pau Ferrado. Segundo a investigação do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Kleiton foi atraído até o local do crime, uma região de mata. O rapaz foi assassinado com nove tiros disparados por uma pistola calibre .40. Segundo o delegado Jarbas Lima, a vítima não teve chance de defesa.

Operação simultânea em Teresina e São Paulo

O suspeito fugiu de Teresina para São Paulo em janeiro de 2020, menos de dois meses após o crime. Segundo a polícia, ele já responde a processo pelos crimes de roubo e receptação. O DHPP de Teresina então entrou em contato com a Polícia Civil de São Paulo, há cerca de uma semana.

“Fizemos contato com o diretor geral do DHPP-SP, o delegado Fábio Lopes, que designou os delegados Marcelo e Ivan para investigarem esse caso. Nesses dias eles fizeram o levantamento de informações por lá e encontraram o local onde o suspeito estava morando”, contou o delegado Francisco Costa, o Barêtta, coordenador do DHPP de Teresina.

O suspeito, que não teve o nome revelado, foi preso pela equipe do Departamento de Homicídios de São Paulo nesta sexta-feira (10), por volta das 6h, em uma operação realizada em conjunto com a equipe do DHPP de Teresina: enquanto os policiais de São Paulo prenderam o suspeito, os policiais no Piauí fizeram buscas em cinco endereços ligados ao suspeito na capital, para conseguir provas que confirmem a autoria do crime.

O suspeito está sendo ouvido por policiais do DHPP de São Paulo. A esposa dele foi conduzida coercitivamente pelos policiais, para prestar esclarecimentos aos policiais. O suspeito preso vai ser encaminhado para o sistema prisional do Piauí.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing