09/07/2020

Criminosos ameaçaram usar colete com falsos explosivos em criança durante sequestro no Piaui

Colete com explosivos falsos utilizado durante sequestro em Teresina, no Piauí — Foto: Polícia Civil

Foram sequestradas e mantidas em cárcere privado a mãe e duas crianças de 7 e 10 anos. A família ficou em uma casa na zona rural de Teresina. Imagens cedidas nesta quinta-feira (9) pela Polícia Civil mostram os detalhes do lugar.

Os criminosos que sequestraram a família do gerente de um banco de Teresina ameaçaram vestir uma criança com um colete com falsos explosivos para ameaçar o resto da família e conseguir dinheiro do banco com o pai. Foram sequestradas e mantidas em cárcere privado, a mãe e duas crianças de 7 e 10 anos. A família ficou em uma casa na zona rural de Teresina. Imagens cedidas nesta quinta-feira (9) pela Polícia Civil mostram os detalhes do lugar.

Segundo o delegado Tales Gomes, coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), a família que foi sequestrada é formada por dois adultos, pai e mãe, e os dois filhos de 7 e 10 anos. O vídeo mostra a casa onde elas ficaram por quase 20 horas, sob poder dos sequestradores.

Durante as prisões dos sequestradores, os policiais apreenderam um colete com objetos amarrados de forma a se parecer com explosivos. Segundo os policiais, os criminosos ameaçavam que iriam vestir uma das crianças com o "colete explosivo", para ameaçar os outros familiares.

A casa, que fica na região da localidade Taboca do Pau Ferrado, tinha um muro alto e poucos móveis. É possível ver que há vários cômodos e banheiros (veja vídeo acima). Nas imagens, o lugar parece sujo, com restos de comida espalhados por balcões.

Ainda segundo a Polícia Civil, todos os seis homens que foram presos suspeitos de participar do crime têm processos anteriores na justiça. Dois deles teriam participado de outros dois crimes semelhantes, em que a família de gerentes de bancos foram sequestrados e ameaçados para que o gerente retirasse dinheiro das agências bancárias.

Polícia prende suspeitos de sequestro de gerente de banco

Um gerente de um banco em Teresina e sua família foram resgatados na tarde desta quarta-feira (8) após terem sidos sequestrados na noite dessa terça-feira (7), no bairro Gurupi. Três suspeitos foram presos após perseguição na Avenida Joaquim Nelson, Zona Sudeste da capital, e outras três prisões ocorreram durante diligências no turno da noite. Três carros e duas armas foram apreendidos.

O crime começou por volta das 19h de terça-feira, quando a família foi abordada pelos criminosos. O gerente e os familiares foram liberados por volta das 15h de quarta-feira (8) na BR-343, saída de Teresina.

Dinheiro recuperado pela polícia após sequestro em Teresina — Foto: Divulgação /Polícia Civil do Piauí

O coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), delegado Tales Gomes, explicou que após as vítimas serem libertadas, sendo o gerente e três familiares, os suspeitos foram perseguidos e presos.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing