12/04/2020

PI: exames apontarão se ex-marido de médica dirigia veículo que pegou fogo


Foto de internauta enviado ao portal

A delegada Luana Alves, titular da Delegacia de Feminicídio, informou na manhã deste domingo (12) que a identificação do corpo que se encontra no IML somente com exames da arcada dentária ou de DNA.

Há suspeitas de que o corpo é do ex-marido da médica Caroline Naiane Brito Barbosa, que foi assassinada na noite deste sábado em seu apartamento com 18 perfurações no corpo. O Instituto de Criminalística ainda fará o exame. 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou que o veículo do ex-marido da médica Caroline Naiane é o mesmo do acidente, que ocorreu na BR-316, por volta das 22h50 deste sábado (11). Kelson de Alencar Andrade é o principal suspeito de ter matado a ex-mulher com golpes de faca, no condomínio Colinas do Poty, no bairro Primavera, zona Norte de Teresina.

O corpo carbonizado já se encontra no Instituto Médico Legal (IML). O resultado pode levar até três dias para sair.Segundo informações, com a pandemia do coronavírus houve um aumento na demanda do instituto. 

Depois de matar a ex-mulher, Kelson deixou o condomínio em veículo Chevrolet/Cruze LT HB. Este seria o mesmo carro que pegou fogo após colisão com um veículo de carga Volvo/FH 460 6X2T, conduzido por um homem que teve lesões leves e transportava como passageiro uma pessoa não identificada, que teve lesões graves.

Porém, só o exame comprovará se Kelson era realmente o condutor do carro de passeio na hora do acidente. Com o impacto da colisão, o carro pegou fogo e o corpo ficou irreconhecível.

"O corpo está completamente carbonizado e somente com exames da arcada dentária ou de material biológico para a identificação", disse a delegada que preside o inquérito. 

Flash Lídia Brito e Yala Sena
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing