17/04/2020

Juninho Arcanjo cita "batida muito boa" do Parnahyba ao relembrar paralisação do Piauiense

Artilheiro do Tubarão no estadual, meia aponta angústia por suspensão temporária de torneio, para manter isolamento social, em auge técnico do clube. Campeão seria decidido nesta quarta

Juninho Arcanjo — Foto: Renan Morais

Se o Campeonato Piauiense não tivesse sido paralisado, esta quarta-feira seria de decisão, com o segundo jogo das finais, no estádio Albertão, em Teresina. Contudo, diante do estado de calamidade pública decretado em consequência da pandemia do novo coronavírus, o futebol ficou de lado. Destaque do Parnahyba até então, o meia Juninho Arcanjo lamentou a interrupção do estadual, mas destacou a boa fase do Tubarão. O artilheiro azulino ressaltou que o clube tinha chances de chegar à fase final da competição e, quem sabe, levantar o título de 2020.

- A gente vinha numa batida muito boa, apesar de estarmos em quarto lugar, com grandes chances de brigar pela liderança, consequentemente buscar uma classificação e depois brigar pelo título que é o nosso maior objetivo, até para poder dar um calendário para o Parnayhba em 2021 - apontou Arcanjo, artilheiro do Parnahyba no estadual com quatro gols.

- Claro que a gente fica triste com todo esse cenário que vivemos, pela sequência que estávamos, em não poder estar fazendo aquilo que gostamos, que é jogar futebol. É o nosso trabalho e nosso sustento para a família - completou.

Jogadores do Parnahyba viajam a Teresina — Foto: Parnahyba

Juninho segue em Parnaíba, com a família, no aguardo das determinações sobre o futuro do Piauiense 2020. Com a suspensão das atividades no CT e a paralisação do estadual, em razão da pandemia do coronavírus, por meio de decreto do Governo do Estado, o atleta segue em quarentena e com as recomendações da comissão técnica azulina para treinar em casa.

Com título mundial pela Seleção Brasileira de base, Arcanjo chegou ao Parnahyba nesta temporada para comandar o meio campo azulino e ser uma das lideranças do time. Aos 37 anos, o jogador foi peça-chave no esquema de Wallace Lemos, sendo artilheiro da equipe com quatro gols marcados.

- O sentimento é que você fica apreensível com todo esse cenário que estamos vivendo. Infelizmente é uma crise que se instalou no mundo todo, e acabou pegando todos de surpresa com essa pandemia, mas com muita fé em Deus e esperança vamos vencer essa batalha contra a Covid-19 - disse Juninho.

A FFP ainda não se pronunciou sobre quando deve repensar nas datas sem jogos do Piauiense. 20 partidas ficaram sem realização com a suspensão do estadual. A entidade aguarda um posicionamento da CBF e do Governo do Estado para pensar nos próximos passos da competição.

Fonte: GloboEsporte.com PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing