07/01/2020

Polícia do PI procura suspeito de estuprar e ameaçar matar mais de 10 adolescentes pela internet

Conforme o delegado Odilo Sena, o homem enviava para os adolescentes fotos de atos de masturbação e obrigava-os a fornecer imagens do corpo e a atender chamadas por vídeo.

Polícia procura suspeito de estupro e de fazer ameaças por redes sociais

A Polícia Civil do Piauí está à procura de um homem suspeito de estuprar e ameaçar de morte pela internet mais de 10 adolescentes de uma mesma escola na Região da Usina Santana, Zona Sudeste de Teresina. Segundo o delegado, o ato consiste em estupro e pode ser chamado também de "estupro virtual".


De acordo com o delegado Odilo Sena, do 21° Distrito Policial, o suspeito entrava em contato com as vítimas por meio de celulares furtados e roubados. O homem enviava para os adolescentes fotos de atos de masturbação e obrigava-os a fornecer imagens do corpo e a atender chamadas por vídeo.

Delegado Odilo Sena, do 21º Distrito Policial (21º DP), apura o caso — Foto: José Marcelo/G1

As fotos das vítimas, conforme o delegado, eram divulgadas na internet. O suspeito também teria praticado o crime contra vítimas que moram no Maranhão, Rio de Janeiro e Mato Grosso.

"Estupro virtual"

O "estupro virtual" não está previsto na lei, porém, a nova redação do artigo 213 do Código Penal passou a caracterizar como estupro o ato de “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso” mesmo se ocorrer no meio virtual.

Em agosto de 2017, também em Teresina, foi registrado o primeiro caso do país de "estupro virtual". Um homem foi preso após a mudança no Código Penal. Ele tirou fotos da vítima nua, sem ela notar, e a chantageou para ter mais imagens dela em situações íntimas.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing