24/12/2019

Mulher baleada na cabeça ao proteger a filha morre no Piauí

Imagem: ilustrativa

A mulher identificada como Rita Aparecida de Sousa, de 57 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (23/12), no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Rita levou um disparo na cabeça ao tentar proteger a filha do ex-companheiro em João Costa-PI. 

Segundo informações da assessoria do HUT, o óbito foi confirmado às 2h20 desta segunda, a mulher estava em estado grave, ela não resistiu as ferimentos. Rita havia sido encaminhado de João Costa à Teresina por meio do Samu Aéreo. 

Entenda o caso 

Inconformado com a separação, o homem identificado como Alex, foi até a casa da sogra para tentar matar a sua ex-companheira.

Chegando no local, ele disparou várias vezes contra a família, para proteger a sua filha a mulher entrou na frente, um outro rapaz de nome André, foi atingido com três tiros.

As vítimas receberam os primeiros socorros no hospital de S. João do Piauí, mas estão aguardando o Samu Aéreo para serem transferidas para Teresina. O estado de saúde da mulher é grave, ela está com uma bala alojada na cabeça. 

Após efetuar os disparos, Alex fugiu e se está foragido. A polícia está em diligência para tentar localizá-lo. 

Fonte: 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing