14/12/2019

Grávida morre com sinais de espancamento em maternidade do Piauí

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o caso é investigado pela Polícia do Maranhão, onde a violência teria acontecido. A principal suspeita é que a mulher tenha sido a agredida pelo marido.

Maternidade Dona Evangelina Rosa — Foto: Catarina Costa/G1

Uma mulher grávida morreu com sinais de espancamento na Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) a vítima foi a óbito nessa sexta-feira (13) após ter dado entrada em estado grave na unidade de saúde.

Segundo a Sesapi, o caso é investigado pela Polícia do Maranhão, onde a violência teria acontecido. E a vítima foi trazida para Teresina. A principal suspeita é que a mulher tenha sido a agredida pelo companheiro.

Ao chegar na maternidade, ela foi internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Confira a nota da Sesapi na íntegra:

A Maternidade Dona Evangelina Rosa esclarece que a paciente gravida, com iniciais KSS, proveniente do Maranhão, que sofreu espancamento do marido, deu entrada em estado grave na UTI da MDER e não resistiu aos ferimentos, vindo a Óbito, apesar de todo o atendimento prestado pela equipe médica. O caso está sendo investigado pela polícia do estado dó Maranhão.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing