02/11/2019

PI: após sete anos, réu é absolvido da acusação de homicídio


Josiel Borges acusado de assassinar, a golpes de facão, Fernando Lages, conhecido como Basote, na localidade Juá, Município de União, em dezembro de 2012, foi absolvido em Juri Popular nesta quinta-feira (31/10), em União, após quase sete anos do ocorrido. As informações são do Clique União

Fernando foi morto após uma discussão com o acusado. O Ministério Público pediu a condenação do acusado por homicídio qualificado, crime com motivação fútil. 

A defesa do acusado foi comandada pelo advogado Adailton Silva que alegou que o réu apenas reagiu a uma injusta provocação. “Josiel Borges é um trabalhador, e inclusive estava trabalhando naquele dia no local onde ocorreu o fato. E naquele dia reagiu diante de uma injusta agressão, mediante uma violência iminente que estava acontecendo ali com ele, haja vista que poucos minutos antes Fernando já estava com um facão para poder atacá-lo quando foi dominado por terceiros e em seguida ele permaneceu ali no mesmo ambiente e Josiel terminou reagindo a uma agressão iminente da qual ele não provocou” explicou o advogado em sua tese de defesa.

Adailton Silva, Advogado de defesa 

O julgamento começou na manhã de quinta e só encerrou no final da tarde do mesmo dia com os jurados absolvendo o acusado.

O Juri Popular é o último procedimento da segunda fase de um processo. Nele, vinte e cinco cidadãos comuns são convocados pela Justiça e obrigados a comparecer no local do juramento sob pena de multa em caso de falta.

Dentre os vinte e cinco convocados, sete são sorteados para compor o júri e ouvir advogado de acusação ou promotoria, advogado de defesa, testemunhas e réu.

No final do julgamento, os sete jurados votam, de forma secreta, pela condenação ou absolvição do acusado.

Via 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing