10/10/2019

Caso Lorrany Thalya: Família pede justiça em audiência de instrução

Segundo familiares da vitima, Antuniel Alves confessou o crime e ainda usou do argumento de “ciúmes” como motivação.

Reprodução

Familiares e amigos da jovem Lorrany Thalya, de 21 anos, assassinada na noite do dia 3 de maio deste ano, em um apartamento no Residencial Torquato Neto IV, na zona Sul de Teresina, pediram justiça durante a audiência de instrução e julgamento do acusado do crime, seu companheiro Antuniel Alves de Sousa. A audiência ocorreu na 2ª Vara do Tribunal do Júri, na manhã desta quina-feira (10).

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investigou o assassinato, informou que Lorrany Thalia dos Santos Costa foi assassinada com inúmeros golpes de faca. Segundo familiares da vitima, Antuniel Alves confessou o crime e ainda usou do argumento de “ciúmes” como motivação. 

A audiência estava marcada para o dia 29 de agosto. Ela até chegou a ser iniciada, mas precisou ser adiada após dois policiais que seriam ouvidos não conseguiram chegar a tempo no local. E ja havia outra audiência agendada. O momento então, foi remarcado para a manha de hoje. 

O caso

Lorrany Thalia dos Santos Costa, de 21 anos, foi assassinada, na noite de sexta-feira (3), às 19h, dentro de um apartamento no Residencial Torquato Neto IV, na zona Sul de Teresina.

Ela foi assassinada com inúmeros golpes de faca, segundo a investigação. O suspeito pelo feminicídio é seu companheiro, Antuniel Alves de Sousa, que a matou após uma discussão. Os vizinhos informaram que o casal vinha discutindo muito na última semana. Lorrany Thalia foi golpeada pelo companheiro no rosto, no tórax e nas costas.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing