18/09/2019

Preso acusado de estuprar filha de dois meses por ter dúvidas sobre paternidade

Resultado de imagem para estupro de menor
Imagem ilustrativa/web

Um pai foi condenado a 12 anos de prisão por estuprar a própria filha, um bebê de dois meses de idade. O crime ocorreu em março de 2014 e o acusado só foi preso nesta quarta-feira (18) após dois anos foragido. 


Delegado Matheus Zanatta/Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

O delegado Matheus Zanatta, da Gerência de Polícia Especializada (GPE), conta que, à época do crime, o acusado confessou espontaneamente e deu como justificativa a dúvida se era ou não o pai verdadeiro da menina. 

"A criança teve lesão grave confirmada pelo exame pericial. O condenado confessou o crime e contou com detalhes alegando, na época, dúvidas sobre a paternidade da criança. Ele foi condenado em abril de 2016 e hoje a Gerência de Polícia Especializada conseguiu dar cumprimento a esse mandado de prisão", disse Zanatta. 

O acusado- que tem 23 anos- foi preso no bairro Lourival Parente, na zona Sul de Teresina. 

"Esse foi apenas mais um dos vários mandados cumpridos durante esta semana, em Teresina. Estamos cumprindo mandados diariamente, no intuito de tirar de circulação indivíduos condenados pela justiça”, alerta o delegado. 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing