06/09/2019

Adolescente que amordaçou e matou colega de escola é condenado a pena máxima



A juíza Elfrida Costa Belleza Silva, da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Teresina, sentenciou a pena máxima o adolescente de 16 anos acusado de amordaçar e matar o colega de escola no residencial Teresina Sul.

Em julho deste ano, o adolescente de iniciais R.B.F.C, de 16 anos, foi apreendido após assassinar o estudante Ítalo Rodrigo Nascimento, de 16 anos. Eles eram colegas de escola. O corpo de Ítalo Rodrigo foi encontrado no chão com pés e mãos amarrados e com um corte profundo na garganta. O laudo cadavérico revelou que o adolescente foi morto com cinco facadas: duas no pescoço e três nas costas.

O adolescente foi sentenciado com medida socioeducativa de privação de liberdade por um período de três anos de acordo o Estatuto da Criança e do Adolescente(ECA). 

Pela legislação, ele será avaliado a cada seis meses. Se tiver bons resultados haverá a progressão de pena. O adolescente está internado no CEM ( Centro Educacional Masculino).

R.B.F.C foi apreendido ainda no dia do crime e chegou a confessar o assassinato. A Polícia o considera um “indivíduo perigoso” e com perfil psicopata.

Ala isolada
O gerente de apoio institucional da Secretaria Estadual de Assistência Social, Wellington Rodrigues, informou que o adolescente ficará em ala isolada por recomendação da juíza.

"Ele ficará em observação já que tentou o suicídio e ficará em ala isolada recebendo atendimento psicológico para depois determinarmos as medidas necessárias", disse Wellington Rodrigues.

Hoje, o adolescente recebeu a visita da mãe e conversou com equipe multidisciplinar que atua no CEM.

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing