26/08/2019

Pesquisa Nacional de Saúde visitará mais de 3 mil domicílios no Piauí

No Piauí serão mais de 3000 domicílios visitados por pesquisadores do IBGE


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com o Ministério da Saúde, iniciou nesta segunda (26), a coleta de informações dentro do Piauí que irão compor a Pesquisa Nacional de Saúde 2019 (PNS). Cerca de 1500 agentes de pesquisa do instituto visitarão 108 mil domicílios em todo o País até dezembro de 2019 e os primeiros resultados têm previsão para serem divulgados no final de 2020. Dentro do Piauí serão visitados mais de 3.000 domicílios em 70 municípios do estado.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, recebeu hoje membros do IBGE que informaram sobre o início da Pesquisa. “A pesquisa se mostra extremamente importante para o planejamento da saúde dentro do Piauí. Como secretaria estadual queremos estimular a população para receber bem os pesquisadores, responder aos questionários e contribuir para o desenvolvimento da saúde dentro do nosso estado”, disse o Secretário Florentino Neto.

A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) tem o objetivo de levantar dados sobre a situação de saúde e os estilos de vida da população brasileira, conhecer como o cidadão cuida de sua saúde, conhecer o acesso e uso dos serviços de saúde, à continuidade dos cuidados e ao financiamento da assistência de saúde. A última edição da pesquisa foi feita em 2013. Durante os trabalhos, o pesquisador precisará passar duas vezes por cada domicílio, primeiramente, fazendo uma pesquisa mais geral e num segundo momento, selecionando um dos moradores daquela casa para participar de uma pesquisa mais direcionada.

Leonardo Santana, chefe da unidade do IBGE no Piauí, destaca que a pesquisa ajuda a conhecer a realidade da saúde no país e esse conhecimento é fundamental para traçar políticas públicas adequadas para melhorar a saúde pública. “Estaremos visitando mais de 3000 domicílios em busca de informações tão relevantes. Essa coleta de dados foi iniciada hoje e agradecemos a Secretaria por apoiar esse trabalho, reforçamos nosso pedido de apoio da população ao atender nossos pesquisadores para que a pesquisa gere dados satisfatórios”, aponta Leonardo Santana.

É preciso reforçar que os pesquisadores do IBGE estarão devidamente fardados ao se apresentarem nas residências selecionadas para realizarem os questionários que fazem parte da PNS.

Fonte: Com informações da Ascom/Via 180

Um comentário:

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing