18/07/2019

Polícia trabalha com crime passional após atentado contra estudante no Piauí

Jovem foi baleado assim que saiu de uma pensão no Centro de Teresina. — Foto: Lorena Linhares/G1

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime passional no caso do estudante Gabriel Brenno Nogueira, 21 anos, que foi atingido com um tiro na cabeça na manhã desta quarta-feira (17) no Centro de Teresina. O caso é investigado pelo 1º Distrito Policial. 

O Cidadeverde.com apurou que amigos de Gabriel já prestaram depoimento à Polícia Civil e relataram que o estudante estava sendo ameaçado de morte. Um suspeito já foi identificado pela polícia. 

O celular do jovem até o momento não foi analisado, pois está bloqueado com uma senha digital. 

Breno foi encaminhado para atendimento no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Em boletim divulgado pela tarde, o HUT informou que passou por cirurgia neurológica para reparar os danos causadas pela bala, incluindo uma hemorragia. 

O paciente saiu da sala de recuperação e foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O quadro de saúde do paciente é considerado gravíssimo. Breno está entubado, sedado e com ventilação mecânica.

Atentado 

Gabriel Brenno Nogueira, 21 anos, foi vítima de um disparo de arma de fogo, nesta quarta (17), por volta das 7h30, na rua Paissandu com Arlindo Nogueira, no Centro de Teresina. Natural de Caxias, no Maranhão, ele mora em Teresina para cursar um preparatório. 

O capitão Mesquita, do 1º Batalhão da Polícia Militar, em entrevista ao Cidadeverde.com, relatou que, com base nos depoimentos, a vítima estava próxima ao cursinho quando um homem branco e de boné desceu de um carro e atirou contra o estudante, sem levar nenhum pertence. O suspeito atirou, voltou para o carro que estava dando cobertura, e fugiu do local.

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing