24/06/2019

Em áudio, suspeito de mandar matar ex-esposa faz ameaças: 'tanto faz morrer quanto matar'

Em gravação, homem diz à vítima que "não tinha mais nada a perder". Suspeito confessou à Polícia que contratou pessoas para matar a ex-companheira, com quem tem dois filhos. Mulher foi baleada com seis tiros.


Um áudio divulgado pela Polícia Civil mostra as ameaças que Jeovânia de Sousa de Oliveira sofreu do ex-companheiro, identificado como Alexandre de Matos Osório, antes de ser atingida por seis tiros na noite de sábado (22) em Floriano, a 144 km de Teresina. Segundo a delegada Nayana Paz, o homem é suspeito de ser o mandante do crime. A vítima já tinha medida protetiva contra ele.

Segundo a Polícia Civil, a vítima gravava todas as conversas com o suspeito. No áudio divulgado, Alexandre ameaça Jeovânia e afirma "tanto faz morrer quanto matar":


Geovane continua em estado grave mas não corre risco de vida — Foto: Reprodução/TV Clube

A delegada Nayana Paz informou ainda que contra o suspeito há dois inquéritos por violência doméstica. Uma medida protetiva de urgência foi expedida após um pedido de Jeovânia.

“A vítima procurou a delegacia no mês de junho, registrou boletim de ocorrência. Foi instaurado um inquérito policial, feito o pedido da medida protetiva de urgência, que foi deferido e mesmo após a medida protetiva de urgência ele ainda voltou a procurá-la, ameaçou", disse.

Após ser ameaçada, Jeovânia procurou novamente a Polícia. O crime aconteceu mesmo depois que a medida protetiva havia sido imposta.

"Ela procurou novamente a delegacia, e os inquéritos já estavam finalizados para serem remetidos à Justiça com indiciamento quando nós tivemos essa informação da tentativa de feminicídio”, disse a delegada.

Delegada Nayana Paz, de Floriano. — Foto: Reprodução/TV Clube

Jeovânia e Alexandre foram casados por 18 anos e possuem dois filhos. Segundo a polícia, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e contratou dois homens para executar a ex-companheira. A mulher foi atingida com seis tiros e está em estado grave no Hospital Regional Tibério Nunes, mas o quadro é estável.

“O que se apurou até o momento é que ele é o mandante do crime e está sendo autuado em flagrante. Estamos lavrando o flagrante ainda, e as informações que temos é que ele teria contratado duas pessoas para executar esse crime”, informou a delegada Nayana Paz.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing