09/05/2019

Morre em confronto com a polícia nono suspeito de participar de assalto a bancos em Campo Maior

O homem havia fugido de carro após furar um bloqueio da PRF e se escondido dentro de um sítio na BR-343.

Agência da Caixa Econômica Federal de Campo Maior — Foto: Reprodução/TV Clube

Morreu em confronto com a polícia nesta quinta-feira (9) o nono suspeito de participar do assalto às agências bancárias da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, de Campo Maior, no dia 30 de abril. O homem foi localizado e morreu às margens da BR-343, em Teresina, onde estava escondido. Ainda há dois foragidos, segundo a Polícia Civil, um em Teresina outro em Cocal.

A polícia estava em diligências desde a manhã desta quinta-feira (9) para encontrar o suspeito, identificado como Raimundo, natural de Uberlândia (MG). O homem havia fugido de carro após furar um bloqueio da PRF e se escondido dentro de um sítio na BR-343.

Segundo o coronel Márcio Oliveira, comandante de Operações Especiais da Polícia Militar do Piauí, o suspeito foi visto pelo caseiro de um sítio e ofereceu dinheiro para o homem. O caseiro recusou a quantia e o suspeito escutou uma viatura da polícia passando pela BR-343, quando fugiu para a mata.

Ele foi morto no confronto com a polícia na localidade do sítio Mangaratiba, na BR-343, que liga Teresina à cidade de Altos. Participaram da ação a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Civil, Polícia Militar e Força Tarefa da SSP/PI.

Até o momento, nove homens foram mortos e seis foram presos suspeitos de participação no crime. A maioria dos suspeitos é natural de Uberlândia (MG) e a polícia acredita que o suposto chefe da quadrilha seria um piauiense, Paulo França, que também foi morto em troca de tiros com policiais.

Assalto duplo
Um grupo formado por mais de 10 homens explodiu duas agências bancárias ao mesmo tempo em Campo Maior, a 80 km de Teresina, na madrugada de terça-feira (30). Três pessoas foram feitas reféns e liberadas durante a fuga dos criminosos na entrada da cidade. Ninguém ficou ferido.

Vídeo mostra momento da ação dos bandidos em assalto a banco em Campo Maior

As duas agências ficam a menos de 200 metros de distância uma da outra. De acordo com o major Etevaldo Alves, comandante da Polícia Militar de Campo Maior, o grupo fez disparos com fuzis pelas ruas da cidade, na intenção de causar medo nos moradores.

Assalto a banco em Campo Maior

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing