24/04/2019

Marinha divulga lista de aprovados do concurso para Aprendiz Marinheiro

Certame visa preencher 1.000 vagas na Escola de Aprendizes Marinheiros. As provas foram aplicadas também em Parnaíba.

Escola de Aprendizes Marinheiros

Marinha do Brasil publicou no DOU desta segunda, 23 o resultado final do grande concurso público que visa preencher 1.000 vagas na Escola de Aprendizes Marinheiros. Para participar, era necessário possuir ensino médio completo e ter idade entre 18 e 21 anos.

A Diretoria de Ensino da Marinha do Brasilpublicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 23 de abril, a homologação do resultado final após todas as etapas do concurso público que visa admissão nas Escolas de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM) aberto pelo edital 01/2018 - veja a lista de aprovados.

São 1.000 vagas no curso de formação de Aprendizes-Marinheiros para ingresso de novos candidatos no curso que inicia agora em 2019. Das vagas ofertadas, 20% delas foram reservadas para os candidatos negros. Com a divulgação do resultado e convocação, expira-se o prazo de validade do concurso.

Para participar, os candidatos deveriam ter formação de nível médio completo, ser do sexo masculino, não ser casado ou ter constituído união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver na Escola de Aprendizes. Além disso, o interessado deve ter idade entre 18 e 21 anos no primeiro dia do mês de janeiro de 2019 e altura entre 1,54m e 2,00m.

Durante o curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o Aprendiz-Marinheiro perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, fixada em R$ 981,00. Após a formação no curso, passam a receber R$ 1.044,00 no posto de grumete. Os formados, ocupando o cargo de marinheiro, têm o soldo de R$ 1.560,00, sem especialização e se especializados e engajados, de R$ 1.856,00.

Certame visa preencher 1.000 vagas na Escola de Aprendizes Marinheiros.

O concurso foi composto por várias etapas de avaliação, sendo:
  • - Prova escrita objetiva única, de caráter eliminatório e classificatório, com 50 questões de conhecimentos gerais de matemática (15), português (15), ciências - física e química (15) e inglês (5);
  • - Verificação de dados biográficos (VDB);
  • - Inspeção de saúde (IS);
  • - Teste de aptidão física (TAF);
  • - Avaliação psicológica (AP);
  • - Verificação de documentos (VD);
  • - Curso de formação.
As provas escritas foram aplicadas nas cidades do Rio de Janeiro-RJ, São Pedro da Aldeia-RJ, Angra dos Reis-RJ, Nova Friburgo-RJ, Vila Velha-ES, Salvador-BA, Natal-RN, Olinda-PE, Paranaguá-PR, Fortaleza-CE, Belém-PA, Santana-AP, Parnaíba-PI, Santarém-PA, São Luis-MA, Rio Grande-RS, Porto Alegre-RS, Florianópolis-SC, Ladário-MS, Brasília-DF, São Paulo-SP, Manaus-AM e Santos-SP.

Escolas Navais
Atualmente existem quatro escolas Navais no país: a Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará (EAMCE), em Fortaleza; Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco (EAMPE), em Recife; Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES), em Vila Velha; e a Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC), em Florianópolis.

Por Jéssica Keroláine Imhoff | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing