26/04/2019

Marido aciona a polícia após matar a esposa a facadas no Piauí

Mônica Valéria Messias da Costa, de 51 anos, foi atingida com um golpe de faca na garganta e outros quatro na região do abdômen. Companheiro da vítima foi preso suspeito de ser o autor do crime.

homicidio piauí teresina — Foto: G1 Piauí

Uma mulher de 51 anos foi assassinada com seis golpes de faca durante o início da madrugada de sexta-feira (26), na Zona Sul de Teresina. De acordo com a Polícia Militar, as facadas teriam sido desferidas pelo companheiro da vítima. O suspeito foi preso em flagrante depois de ele mesmo acionar a polícia.

De acordo com o coronel Maurício Lacerda, do 1º Batalhão de Polícia Militar, a vítima, Mônica Valéria Messias da Costa, de 51 anos, foi atingida com um golpe de faca na garganta e outros na região do abdômen.

O crime aconteceu por volta de 0h45min desta sexta-feira dentro do apartamento que a vítima dividia com o companheiro, que foi preso suspeito pelo crime. O homem foi identificado pela PM como Gil Carlos Moreira Rodrigues, de 52 anos.

O suspeito foi preso em flagrante pela Polícia Militar. Segundo o coronel Lacerda, ele apresentava uma perfuração no pescoço, e após a prisão foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde foi sorrido. Em seguida, foi levado para a Central de Flagrantes, no Centro da capital.

Polícia encontrou mulher morta dentro do apartamento do casal. — Foto: Divulgação/PM-PI

O local do crime foi isolado para o trabalho da Perícia Criminal. Um inquérito policial foi aberto pela Delegacia de Homicídios para investigar o caso.

Briga simulada

Segundo informações obtidas pela TV Clube, vizinhos do casal relataram que, após o crime, o suspeito desceu até a portaria do condomínio, bastante sujo de sangue, e pediu que o porteiro acionasse a Polícia. Quando os policiais chegaram ao local, ele se entregou.

De acordo com o delegado Valter Cunha, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima foi encontrada no apartamento com a faca usada no crime em uma das mãos.

Entretanto, segundo o delegado, os peritos não encontraram indícios de que a vítima teria tentado se defender. Por isso, os investigadores acreditam que o suspeito desferiu um ferimento no próprio pescoço, para simular uma briga entre os dois que teria culminado na morte de Mônica Valéria.

Fonte: G1/PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing