07/04/2019

Com "olé, olé...", River-PI passa fácil pelo Parnahyba, avança à final do Piauiense e garante vaga na Copa do Brasil 2020

Depois de vitória no litoral, Galo faz semifinal tranquila, marca com Biro Biro, Carlos, Eduardo e Roney e agora espera 4 de Julho ou Altos na decisão. Chocolate recoloca Tricolor nas competições nacionais do próximo ano


O River-PI antecipou a páscoa para o Parnahyba. No jogo da volta da semifinal do Campeonato Piauiense, o Tricolor fez 4 a 0 sobre o Azulino, na tarde deste sábado, no Albertão, em Teresina, e garantiu vaga na grande final do estadual. Depois de ter vencido no litoral, por 1 a 0, o Galo colocou o rival na roda, se impôs diante de um Tubarão combalido e triunfou com gols de Biro Biro, Carlos Henrique, Eduardo e Roney. Com o chocolate, o River-PI assegurou ida à decisão do Piauiense e já estará em 2020 na Copa do Brasil e Série D do Brasileiro. Além disso, estará na Copa do Nordeste. Se for vice, entrará na fase preliminar do Nordestão. Se for campeão, passa para a fase de grupos. Tamanha facilidade no placar fez a o torcida gritar "olé, olé... olé".

No primeiro tempo, o River-PI teve muito a cara de Flávio Araújo. O técnico repetiu a formação usada na ida, em Parnaíba. Em 20 minutos, o tricolor se impôs, não deixou o Parnahyba respirar e fez dois gols. O primeiro, Biro Biro, aos 18, envolvendo o rival azulino com participação de Gustavo Henrique e Roney, que rolou para o lateral pegar bonito. Dois minutos depois, Carlos Henrique acertou um chutaço na veia do meio da rua. Com o 2 a 0, o Galo se manteve no campo do Tubarão – que pouco criou. Um desvio contra de Audálio, um chute cruzado de Potiguar e uma chegada de Nilsinho de frente ao gol foram as melhores situações do técnico Aroldo Moreira.

540 minutos sem levar gols

Contra o Parnahyba, o River-PI somou o sexto jogo sem sofrer gols. São 540 minutos de defesa intacta. O Galo chegou ao nono jogo invicto: são sete vitórias e dois empates, números que pavimentaram a ida até a decisão.

Altos ou 4 de Julho; final em Teresina

Como será a final? O River-PI aguarda o adversário que vem da outra semifinal, entre 4 de Julho e Altos. Os times se enfretam na Arena Ytacoatiara, no domingo, às 9h. No primeiro duelo, empate em 1 a 1. Independente de quem seja o rival, o Galo fará o jogo da volta da grande final em casa, no Albertão. O time atingiu 24 pontos na classificação geral, não pode ser mais ultrapassdo nem por Colorado ou Jacaré. Datas dos jogos da final: dias 10 e 14 de abril.

45 minutos finais

Atrás do placar, Aroldo tirou Potiguar e colocou Vitinho para tentar deixar o Parnahyba mais leve e ágil. Não funcionou. Aliás, nada do Tubarão deu certo. A equipe fez um segundo tempo ainda pior e viu o Galo jogar, sem esboçar nenhuma atitude para mudar o placar, além de ser passivo com o toque de bola dos riverinos. Sem ser incomodado, o River-PI partiu para o ataque. Fez o terceiro com Eduardo, logo aos 5, e completou a goleada com Roney, aos 16. Bismarck e Eduardo foram substituídos – ambos estavam pendurados. O Parnahyba se despediu do estadual com uma campanha de seis derrotas, três empates e três derrotas.

Fonte: Globoesporte.com, Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing