06/02/2019

Polícia suspeita que menor de 12 anos atirou em travesti no Piauí

A polícia esteve no hospital na manhã desta quarta-feira (6), para colher o depoimento da vítima.


Na manhã desta quarta-feira (06), o delegado Joattan Gonçalves esteve no Hospital de Urgência de Teresina –HUT para investigar a tentativa de homicídio contra Mikael Cássio Oliveira Monteiro, a travesti Mikaela, que foi abandonada próximo ao quartel do Corpo de Bombeiros, na Avenida Miguel Rosa na zona Sul de Teresina, no último sábado (02), após levar um tiro no olho esquerdo.

De acordo com informações repassada ao meionorte.com, Mikaela estaria na companhia de três pessoas, incluindo um menor de 12 anos, quando foi atingida por um disparo de arma de fogo.

Segundo a investigação da Polícia Civil, o menor é o principal suspeito de ter efetuado o disparo contra a travesti. Até o momento não se sabe o que motivou o crime.

A polícia esteve no hospital na manhã desta quarta-feira (6), para colher o depoimento da vítima.

Mikaela segue internada no Hospital de Urgência de Teresina-HUT, está sem sedative e consciente.

O crime está sendo investigado pelo 6º Distrito Policial com ajuda do Grupo de Apoio Operacional da Gerência de Policiamento Metropolitano (GPM).

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing