08/01/2019

Técnico perde jogadores devido a calos nos pés e sofre nova goleada na Copinha: "Chuteira esquentou"

Depois de 7 a 0 para o Fluminense, Parnahyba leva 3 a 0 do Audax-SP e está eliminado da Copa São Paulo. Peças de destaque do time têm problema inusitado, e treinador lamenta

Jogadores do Parnahyba têm problemas de calos nos pés — Foto: Divulgação/Parnahyba

O Parnahyba, time que levou 7 a 0 do Fluminense na primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior, sofreu nesta segunda-feira uma nova goleada na competição. A equipe piauiense perdeu por 3 a 0 para o Audax-SP, placar que culminou com a eliminação do Azulino do principal torneio de base do país. No duelo que tirou qualquer ambição de classificação para a segunda fase, o técnico Jucélio Lira teve que lidar com um problema não esperado: três jogadores, destaques do time, deixaram a partida por conta de dores causadas por calos nos pés.

O primeiro deles foi o volante Juninho, que sentiu o problema durante o aquecimento do time momentos antes do início do jogo no estádio José Liberatti, em Osasco. Andrey acabou entrando no lugar. Durante o intervalo, dois novos jogadores também relataram o incômodo com os calos, o volante Petrick e o atacante Nerckem. A dupla não voltou para o segundo tempo.

- Eles compraram as chuteiras pouco antes da viagem, e como o clima está quente aqui em Osasco a chuteira esquentou muito e eles não conseguiram voltar para o segundo tempo – lamentou o técnico Jucélio Lira. Juninho, Petrick e Nerckem são os destaques do Parnahyba.

Depois do 0 a 0 no primeiro tempo, o Parnahyba sofreu os gols na etapa final: aos seis, Iago abriu o placar com um chutaço de fora da área. Caio, aos 21, e Ramires, nos últimos minutos, ampliaram.

Além dos problemas dos calos, o Parnahyba sofreu outro desfalque na partida. O meia Andrey, que havia substituído Juninho, sentiu a coxa ainda aos 12 minutos. Ele é dúvida na última rodada da Copinha.

- A gente também jogou muito bem, gostei da postura da equipe, organizada. Vínhamos de um resultado negativo, poderia ser que isso influísse, mas trabalhamos o psicológico com os atletas e eles entenderam, mas infelizmente não conseguimos segurar o Audax-SP que jogou muito bem em casa – avaliou Jucélio.

Chegada do Parnahyba ao estádio — Foto: Divulgação/Parnahyba

Sem nenhum ponto somado, o Parnahyba ocupa a lanterna do Grupo 23 e não tem mais chances de classificação para a segunda fase do torneio de base. Com seis pontos somados cada, Fluminense, líder da chave, e Audax-SP, vice, ficaram com as duas vagas da chave de forma antecipada.

O Parnahyba volta a campo pela terceira e última rodada da fase de grupos da Copa São Paulo de Futebol Júnior diante o Sete de Dourados-MS, na quinta-feira, às 15h, no estádio José Liberatti, em Osasco. Com duas derrotas, a equipe sul mato-grossense também não possui mais chances de classificação.

Fonte: GloboEsporte.com - Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing