03/01/2019

PRESO NO CEARÁ SUSPEITO DE HOMICÍDIO EM CAJUEIRO DA PRAIA

Acusado Maike

Um indivíduo identificado penas como Maike foi preso por policiais militares (BPTur de Bitupitá e destacamento de Barroquinha) sob a acusação de porte ilegal de arma de fogo e sob a suspeita de crime de um homicídio ocorrido no município de Cajueiro da Praia, no Piauí.

Entenda
Em um vídeo divulgado nas redes sociais e no Camocim Polícia 24h, Maike foi apontado por “João Pedra” como o autor do assassinato de um indivíduo conhecido como “Chaval”. O crime teria acontecido há dias atrás dentro de uma canoa em uma praia em Cajueiro da Praia. Ainda segundo João Pedra, Maike teria matado Chaval e ficado com com a arma, parte da droga e do dinheiro da vítima. Após terem gravado o vídeo com João Pedra os bandidos teriam lhe executado. O crime que vitimou João Pedra teria acontecido na última quinta-feira dia 27. Relembre o caso AQUI e veja o vídeo abaixo:


Prisão de Maike
Já por volta de 17h do último domingo, 30, pm’s do Bptur de Bitupitá e do destacamento de Barroquinha foram informados que Maike (suspeito do homicídio de Cajueiro da Praia) estaria vindo de uma pescaria no mar e encostaria com a embarcação em uma praia de Bitupitá. O policiamento fez a campana e logo em seguida, o barco chegou, então fizeram a abordagem ao dito suspeito e dentro da embarcação encontraram o revólver que teria sido usado no crime, um revolver Taurus calibre 38 sem munição. Diante dos fatos o suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido a DPC em Camocim, onde foi apresentado ao delegado plantonista, que ao analisar o caso, resolveu autua-lo em flagrante pelo porte ilegal de arma de fogo (artigo 14 da lei do desarmamento). Quanto à suspeita de homicídio, o delegado ouviu o suspeito e encaminhou seu depoimento ao delegado de Cajueiro da Praia-PI, visto que o homicídio ocorreu naquele município.


Assassinato de João Pedra
Quanto aos autores do assassinato de João Pedra ainda não fomos informado como anda o transcorrer das investigações por parte da Polícia Civil de Chaval, no entanto, fomos informados que os autores possivelmente teriam sido os mesmos que gravaram o vídeo com o depoimento de João Pedra.


Fonte: Camocim Polícia 24h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing