29/01/2019

Pesquisa mostra Parnaíba bem avaliada em praias, atrativos naturais, gastronomia e segurança

Pesquisa revela que Parnaíba é bem avaliada sobre praias, atrativos naturais, gastronomia e que segurança é de padrão 'quase' europeu.

Complexo Cultural e Arquitetônico do Porto das Barcas

A pesquisa (entre 2014 e 2015) realizada parca diagnosticar a comunicação turística no município de Parnaíba, e publicada na Revista Hospitalidade, revela dados que servem para nortear futuras ações do poder público, nas esferas municipal e estadual, e do setor privado que atua no segmento.

O mapeamento evidenciou que no quesito alimentação-gastronomia, a avaliação dos turistas foi excelente, com 18,4% dizendo ser ótimo e 49,4% bom, num total de quase 70% nesse parâmetro. A cidade realmente oferece restaurantes para todos os gostos e bolsos, com refeições à base de camarão, peixes, caranguejo e muitos pratos da culinária nordestina.


Em relação ao quesito informações turísticas, a avaliação foi 36,8% como bom. Contudo, mais de 40%, a soma de regular, ruim e péssimo, acha que esse aspecto não é satisfatório. Parnaíba, enquanto cidade turística, precisa melhorar nesse ponto. O visitante tem que ser bem informado sobre as atrações turísticas da cidade, até para que gaste mais em serviços e mercadorias do comércio local. Mais informação ao turista, mais dinheiro circulando na cidade em táxis, lojas de artesanato, restaurantes, no shopping de 2 corredores.

Na avaliação de praias, Parnaíba vai muito bem, e não poderia ser diferente. Apesar de há décadas ser tratada com desprezo, a nossa Pedra do Sal é de rara beleza na costa piauiense. Além dela, o turista tem acesso fácil às demais praias do litoral, a exemplo de Atalaia, Coqueiro e Macapá, no vizinho município de Luís Correia, e Barra Grande, em Cajueiro da Praia. São locais em que o visitante vai e volta no mesmo dia, por conta das distâncias não serem muito grandes.


Parnaíba é privilegiada no quesito atrativos naturais. Poucas cidades do Piauí dispõem de tantos recursos turísticos, entre eles a Lagoa do Portinho. Mas, fico pensando também na subutilizada Lagoa do Bebedouro, na área urbana de Parnaíba. Um lugar muito bonito e aprazível, e que necessita de uma boa reurbanização. Aquela área era para ser uma das mais nobres da cidade, com estruturas de lazer e cercada de residências de alto padrão e condomínios verticais. Nas metrópoles, para se morar em áreas próximas a lagoas, você tem que ter uma boa condição financeira. São regiões muito valorizadas e disputadas pelo mercado imobiliário. Aqui, em Parnaíba, a Lagoa do Bebedouro fica esquecida, sem o devido aproveitamento para o embelezamento paisagístico da cidade.

Quando se tata de atrativos culturais, o somatório de ótimo, bom e regular supera 45% na avaliação dos entrevistados. Ou seja, não está tão ruim assim, segundo a pesquisa. Na avaliação de ruas e avenidas, Parnaíba vai muito bem. Suas principais vias são bonitas, largas, cheia de casarões coloniais e de arquitetura opulente. Tudo isso deixa uma impressão muito boa nos visitantes.

Praia da Pedra do Sal

No quesito preço, os turistas consideram Parnaíba como um bom destino, não tão caro. O visitante não vai gastar tanto para se divertir aqui. Se for comparada a outros destinos do Nordeste, os gastos em Parnaíba são bem em conta.

E se tratando de sinalização turística, Parnaíba também foi bem avaliada, com aproximadamente 70% de aprovação, quando somados os itens ótimo, bom e regular. Poderia ser bem melhor, claro.

Delta do Parnaíba

Mas, é no quesito segurança (policiamento) que a pesquisa mais impressiona e mostra uma informação bastante curiosa, principalmente para quem mora em Parnaíba e conhece a realidade do município: quase (46%) a metade dos entrevistados apontou como bom o policiamento nos locais turísticos de Parnaíba. Se forem somados os itens ótimo, bom e regular, o número chega a mais de 70% de aprovação nesse aspecto. E apenas pouco mais de 12% disse ser ruim ou péssimo. Então, Parnaíba está muito bem no quesito segurança para turistas. 70% é um valor excelente para qualquer cidade nesse quesito, quase de padrão europeu.

Vamos torcer para que esse percentual aumente nos próximos anos e os turistas possam andar sempre tranquilos em nossa cidade, com vontade de voltar mais vezes.

Lagoa do Portinho

Meu sonho mesmo, de verdade, era que o nível de satisfação dos turistas em relação ao policiamento na cidade também se aplicasse aos cidadãos parnaibanos, para que situações como a que ocorreu recentemente com uma condutora de veículo, que foi abordada com arma na cara na rotatória do Mirante, não se repetisse por aqui.

Isso padrão de segurança não é nada europeu!


Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing