09/01/2019

Mãe de crianças mortas no Piauí é presa sob suspeita de omissão

A promotoria pediu a prisão por entender que a mulher tinha meios para impedir a morte dos filhos.

Menina de 5 meses foi internada em estado grave no Hospital Tibério Nunes, morrendo dois dias depois — Foto: Portal Cidade Luz

Foi presa nessa terça-feira (8), a mãe de Kaio da Costa Sousa e Maria Vitória Veras dos Santos, mortos em outubro de 2018 em Brejo do Piauí. Ela teve a prisão preventiva decretada sob a acusação de omissão. Danilo Veras dos Santos, padrasto de Kaio e pai de Maria Vitória, é o acusado de cometer o crime.

De acordo com o delegado Yan Brayner, titular da delegacia de Canto do Buriti, o promotor que pediu a prisão entendeu que a mãe tinha meios necessários para evitar a morte dos filhos. “Em virtude disso, o promotor requereu a prisão preventiva, e o pedido foi deferido pelo juiz ainda na audiência”, declarou.

Após a prisão, ela foi encaminhada para a Penitenciária Feminina de Teresina, onde ficará à disposição da Justiça. Danilo, preso em flagrante dois dias após o crime, permanece sob custódia na penitenciária de São Raimundo Nonato, no sul do Piauí.

O crime
No dia 13 de outubro de 2018, um menino de 11 anos foi morto e um bebê de apenas cinco meses ficou gravemente lesionado, morrendo dois dias depois. O padrasto das crianças foi apontado como principal suspeito do crime.

Um exame pericial feito posteriormente apontou que o bebê, uma menina, sofria violência sexual. A mãe das crianças relatou à Polícia Civil que foi surpreendida por uma briga entre o suspeito e o garoto de 11 anos, que tentava defender a irmã dos abusos praticados pelo padrasto. Ele faleceu estrangulado pelo suspeito.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing