22/12/2018

Tatuador suspeito de tentar matar ex-companheira esfaqueada é preso no Piauí

Crime aconteceu no dia 18 de novembro e o homem era procurado pela polícia desde então.

Caso é acompanhando pelo Departamento de Homicídio e Proteção À Pessoa (DHPP). — Foto: Lucas Marreiros/G1

O tatuador Alessandro Costa de Sousa, suspeito de tentar matar a ex-companheira Francisca Kellen Santos de Sousa, foi preso pela Polícia Civil. A prisão dele foi parte de uma operação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) finalizada nessa quinta-feira (20). O crime aconteceu no dia 18 de novembro deste ano e o homem era procurado pela polícia desde então.

De acordo com a polícia, a vítima estava chegando em casa com o atual companheiro, quando o suspeito tentou matar o namorado dela, ela interveio e também foi ferida. Francisca Kellen sofreu dois golpes profundos nas duas pernas e uma perfuração nas costas.

A mulher foi socorrida e recebeu alta após atendimento médico. Ela e o suspeito mantiveram um relacionamento por alguns anos e os dois têm um filho de seis anos. A vítima informou à polícia que após o término o tatuador não aceitava que ela estivesse em um novo relacionamento.

Alessando de Sousa foi preso preventivamente e está à disposição da Justiça, onde deve responder pela prática do crime de tentativa de feminicídio.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing