20/11/2018

Sem luz há uma semana no CT, clube recorre a empréstimo para pagar débitos de quase R$ 9 mil

Com sete contas vencidas, Parnahyba está sem energia elétrica no CT. Presidente garante pagamento na terça depois de arrecadar dinheiro: "Temos atletas treinando para a Copinha, não pode ficar sem luz"

CT Petrônio Portela sem luz: — Foto: Kairo Amaral/TV Clube

O Parnahyba completou uma semana com a energia do centro de treinamento cortada por falta de pagamento. Na última terça-feira, técnicos da companhia de abastecimento enérgico desligaram a luz do Petrônio Portela, residência oficial do Azulino, por causa do débito de R$ 8,9 mil relacionados a sete contas vencidas – desde o mês de abril o clube não paga o serviço. Presidente do Parnahyba, Osvaldo Brandão garantiu quitar o débito hoje. A pressa em não deixar o CT por mais tempo às escuras é por causa do uso do local pelos atletas sub-19, que treinam para a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Nos últimos dias, diretores do Parnahyba estiveram envolvidos para arrecadar o dinheiro. O valor total do débito com a Cepisa é R$ 8.975,16, acumulando os meses de abril (R$ 3.355,61), maio (R$ 1.161,59), junho (R$ 1.000,98), julho (R$ 778,47), agosto (R$ 826,33), setembro (R$ 861,63) e outubro (R$ 990,55). Segundo Osvaldo, o clube fez um empréstimo e recebeu uma cota relacionada ao aluguel de um imóvel do clube.

Parnahyba tem energia cortada por atraso em pagamentos

- Nós recebemos o dinheiro do aluguel e juntamos com esse empréstimo que foi feito por um amigo do Parnahyba. Vamos pagar (o empréstimo) quando sair o dinheiro que estamos esperando, tanto de emendas feitas por vereadores da cidade como do Governo do Estado. Esse, eu sei que só vai sair ano que vem, então, vamos pagando com o que tivermos. O que não poderíamos era ficar sem luz no CT até porque temos atletas treinando para a Copinha lá e não pode ficar sem luz – comentou Osvaldo Brandão.

O dirigente gostaria de ter pagado a dívida na segunda, porém só conseguiu juntar o dinheiro após o do expediente bancário.

- Não fiz o pagamento na segunda porque é uma conta alta para executar em caixa eletrônico, que só conseguimos juntar no período da tarde. Mas nesta terça, assim que os bancos abrirem, efetuaremos o pagamento. Assim que estiver tudo pago, eu solicitarei a ligação da energia – ressaltou o dirigente.

A quitação da dívida das contas de luz é um problema a menos no Parnahyba, que vive uma briga na Justiça em torno da presidência. O clube busca também uma organização financeira para ter em 2019 um ano mais tranquilo. Uma reunião do conselho deliberativo aprovou na última semana o começo dos trabalhos do Campeonato Piauiense 2019, com uma folha mais enxuta. Centenário, o Azulino teve uma campanha tímida em 2018: sequer avançou às semifinais, algo que não acontecia há seis anos.

Fonte: GloboEsporte.com - Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing