10/11/2018

Laudo confirma que gêmeos encontrados em matagal no Norte do Piauí nasceram vivos

Exame cadavérico não determinou a causa da morte, uma vez que não foram encontrados sinais de traumatismos físicos.

Instituto Médico Legal de Teresina — Foto: Gilcilene Araújo/G1

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) confirmou que os gêmeos encontrados em matagal na zona rural de Curralinhos, Norte do Piauí, nasceram vivos, com morte sem causa conhecida. Segundo o delegado Anchieta Pontes, do 18º Distrito Policial, somente o exame cadavérico ajudaria a investigação a definir qual crime a mãe deve responder.

Conforme o laudo, não possível identificar causa da morte, uma vez que não foram encontrados sinais de traumatismos físicos nos corpos dos bebês. A principal suspeita, conforme o delegado, é que os bebês tenham morrido sufocados.

"Não poderíamos acusar sem ter um laudo definitivo e a pessoa precisa saber qual crime ela é acusada também. Foi descartado o infanticídio, agora vamos trabalhar com hipótese de abandono de incapaz", explicou o delegado.

Após o parto no matagal, a mãe ficou internada no Hospital de Demerval Lobão. Ao sair da unidade, ela foi encaminhada na noite dessa quarta-feira (7) para Central de Flagrantes de Teresina e liberada em seguida por falta do laudo.

Conforme o delegado, a mãe vai ser investigada e responderá em liberdade até constatar se ela matou ou não as crianças. Ela e os familiares ainda não prestarão depoimento sobre o caso.

"A informação que temos é que ela estava em casa com os pais e o irmão dela, quando saiu para área externa e voltou ensanguentada. O irmão perguntou o que tinha acontecido, mas ela não falou, então ele seguiu a trilha de sangue e encontrou os fetos enrolados em uma toalha no matagal, depois acionou a ambulância", revelou o delegado.

Anchieta confirmou que as crianças estavam todas formadas, aproximadamente de oito meses de gestação.

Fonte: G1/PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing