19/11/2018

Há indícios de que incêndio nos cinco ônibus foi por "ódio e vingança", diz delegado



O gerente de Policiamento do Interior, delegado Emir Maia, confirmou nesta segunda-feira (19) que há indícios de que o incêndio nos cinco ônibus escolares em Piracuruca foi motivado por "ódio e vingança". 

O crime ocorreu no sábado (16) e cinco dos nove ônibus escolares foram incendiados no pátio do Centro Integrado de Ensino Fundamental, no bairro Baixa da Ema. A Prefeitura de Piracuruca suspendeu as aulas em vários colégios, devido o incêndio.

A Polícia Civil investiga o caso e analisa as imagens de câmeras que mostram o momento do incêndio. A Delegacia Geral nomeou um delegado do Greco para investigar o crime.



"Testemunhas estão sendo ouvidas, a perícia já foi feita no local e os indícios nos informam que se trata de um crime que teve a motivação que foi pura vingança", disse Emir Maia.

Segundo o delegado, a autoria já foi definida e há suspeita de participação de duas pessoas. 

"Há indícios que uma delas é menor. Não podemos identificar os suspeitos, mas já estamos com autoria definida. Há motivação à princípio de vingança. A gente não pode afastar nenhuma motivação, mas as imagens e as testemunhas que já foram ouvidas nos informam que se trata de crime de vingança". 

Ao ser questionado de que um dos suspeitos é um motorista que foi exonerado da função, o delegado disse que existe essa informação e que a investigação apontará os criminosos. 

O delegado disse ainda que a Polícia aguardará o resultado da perícia para a conclusão do inquérito.

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing