27/09/2018

Estudante parnaibano diz ter sido agredido por integrantes de ato contra Bolsonaro


Um estudante universitário postou um vídeo nas redes no qual afirma ter sido agredido durante um ato intitulado “Mulheres contra o Fascismo”, ocorrido no início da noite desta quarta-feira (26), em frente a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDpar). 

Confira no vídeo abaixo momento que o jovem é cercado:



O internauta aparece no vídeo vestido com uma blusa do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e, de acordo com ele, ao tentar atravessar a avenida próximo ao movimento, teria sido cercado e agredido por um grupo de manifestantes.

Vídeo onde jovem relata agressão:

“Eu falei pra eles que estava em um País democrático e que tinha o direito de ir e vir. Neste momento várias pessoas me cercaram e começaram a me agredir, quando fui socorrido e consegui sair de lá”, conta o estudante.


A agressão foi gravada por outro estudante que também afirma ter sido agredido pelo mesmo grupo, após perceberem que estavam sendo filmados. 

Celular do rapaz que gravou o vídeo ficou com a tela quebrada 

“Eles também me cercaram, tomaram meu celular e jogaram na avenida. A tela ficou toda quebrada. Foi muita covardia”, completou. 

Por Luzia Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing