22/08/2018

Suspeitos de assaltar e estuprar jovem são presos no Piauí

Dupla foi presa em São Raimundo Nonato, Sul do estado, após três meses de investigação.

Suspeitos de estuprar mulher depois de roubar motocicleta da vítima são presos (Foto: Divulgação/Polícia Civil do Piauí)

Dois suspeitos de estuprar uma jovem depois de roubar a motocicleta delaforam presos, nesta terça-feira (21), no município de São Raimundo Nonato, Sul do Piauí. De acordo com a Polícia Civilm prendeu, a dupla foi presa após três meses de investigação. O crime aconteceu no dia 31 de maio deste ano, quando a vítima viajava na rodovia PI-140.


Segundo a investigação, além da violência sexual, os homens são suspeitos da prática de uma série de crimes, como roubo de telefones celulares e estabelecimentos comerciais. “Diante dos fortes indícios de autoria dos crimes, foram solicitados mandados de prisão contra os suspeitos”, informou a polícia em nota.

Conforme a polícia, os presos são naturais do estado da Bahia e um morador de São Raimundo Nonato deu apoio logístico para eles e teria também participado dos crimes. Juntos, os três teriam feito muitas vítimas na cidade. Agora, o trio está à disposição da Justiça e deverá responder por seus crimes.

O estupro
Delegacia regional de São Raimundo Nonato investigou caso (Foto: São Raimundo.com)

A delegada Cynthia Verena informou ao G1 que a jovem viajava em uma motocicleta da cidade onde mora, São Lourenço do Piauí, em direção a São Raimundo Nonato, a cerca de 25 km, quando começou a ser perseguida por dois homens em outra motocicleta.

A dupla conseguiu emparelhar os dois veículos e a ameaçaram com uma arma de fogo, ordenando que a vítima parasse no acostamento. “Eles obrigaram ela a entrar no matagal e os dois a estupraram. Depois levaram a moto dela e vários pertences”, contou a delegada Cynthia Verena.

Segundo o subcomandante da Polícia Militar de São Raimundo Nonato, o capitão Ivonaldo, depois do crime a jovem foi deixada no matagal na lateral da estrada e só conseguiu avisar aos policiais cerca de três horas após o crime.

A jovem foi conduzida para um hospital e passou por exames de corpo de delito que comprovaram a violência sexual.

Fonte: G1/PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google